Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

UM NOVO CONCEITO DE MÚSICA!

MÚSICA NOVA DO DIA I Piruka - Salto Alto (Prod. Andrezo)

Piruka está de regresso aos singles com “Não Faz Isso” e “Salto Alto”, temas que marcam o período pós-AClara. Relativamente a "Salto Alto", este tema é direccionado aos amores e desamores. Aproveita para ouvires aqui a segunda novidade do Piruka.

 

 

 

LETRA: SALTO ALTO

 

[Verso 1]
Eu bem tento ser melhor mas eu não consigo
E tu mereces mais do que eu tenho sido
Tanto tempo contado, pouco tempo contigo
Mau para namorado, bom para ser amigo
Passaste um mau bocado, roubei-te esse sorriso
Dias sem dizer nada, sem uma explicação
Eu era o pecado no teu paraíso
Mas não tenho o que é preciso numa relação
Eu nunca tive o preciso e dizia não
Hoje em dia penso nisso ao ver o meu reflexo
Porque eu pedi tudo, deste-me o coração
Onde tu vias amor, eu só via sexo
Viveste um filme de terror e querias um romance
O homem que tinhas ao lado era fora de alcance
Dizes que eu não recuo, também não avanço
No corpo das outras, sim é lá que eu danço
Enfim, eu não descanso a minha vida é só loucura
Virei pouca oferta porque hoje é muito a procura
Tu sentiste o André, tu viveste o André (ehhh)
Elas só peram o Piruka
Boneca tu escuta, lembra-te dos momentos
Boneca tu escuta como fazias em tempos
Não me preocupo, eu saber dos teus arregos
Quando os teus olhos fecham sei que é a mim que tu sentes (yah)


[Refrão]
A vida que eu levo para ti não dá
Hoje vivo na estrada e é lá que eu me deito
O tempo perdido já não vai voltar
E hoje choras por tudo que podia ser feito
A vida que tu queres para mim não dá
Hoje 'tás numa cama à espera que eu me deite
Tentei, tentaste, cansei de tentar
Hoje vê-me a sorrir por tudo que foi feito

[Verso 2]
Agora olha para mim
Olha para mim, a vida mudou
Dizem que tudo tem um fim
Tudo tem um fim, será que acabou?
Pensa para onde é que eu vou
Olha para onde é que eu vim
Hoje vejo onde é que eu 'tou
Hoje vejo-me aqui sem ti
O brilho virou pó
E foi só o que eu senti
A vida é um dómino
E o jogo não é para mim
Pantera, quando saio do palco
Há tanto salto alto à minha procura
Eu faço-me de parvo mas tu não és burra
Eu bem tento evitar mas tudo o que Deus não quer
O diabo empurra
Tudo aquilo que eu não quero, o inferno susurra
E eu que não sou de ferro, deixo-me levar
Porque o homem que é de ferro emperra com a chuva
E quando vem a água vai enferrujar


[Refrão]
A vida que eu levo para ti não dá
Hoje vivo na estrada e é lá que eu me deito
O tempo perdido já não vai voltar
E hoje choras por tudo que podia ser feito
A vida que tu queres para mim não dá
Hoje 'tás numa cama à espera que eu me deite
Tentei, tentaste, cansei de tentar
Hoje vê-me a sorrir por tudo que foi feito

[Interlúdio] (2x)
A vida que eu levo para ti não dá
A vida que tu queres para mim não dá

[Refrão]
A vida que eu levo para ti não dá
Hoje vivo na estrada e é lá que eu me deito
O tempo perdido já não vai voltar
E hoje choras por tudo que podia ser feito
A vida que tu queres para mim não dá
Hoje 'tás numa cama à espera que eu me deite
Tentei, tentaste, cansei de tentar
Hoje vê-me a sorrir por tudo que foi feito

 

 

23023817_1510929092316125_203278572_n.png

 

Para ouvires mais SUGESTÕES MUSICPORTUGAL clica neste link: http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/sugest%C3%A3o+musicpt ... mais MÚSICAS NOVAS em http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/m%C3%BAsicas+novas

 

MÚSICA NOVA DO DIA I Piruka - Não Faz Isso (Prod. Khapo)

Segundo fonte do site GENIUS e de um contributo, "Piruka lança “Não faz isso” com o intuito de esclarecer um suposto beef entre 9 Miller, Holly Hood e o próprio Piruka." Será verdade? Isso já não sabemos, mas podes aproveitar para ouvir aqui uma das músicas novas do português Piruka. [fonte: https://genius.com/Piruka-nao-faz-isso-lyrics]

 

 

 

LETRA: NÃO FAZ ISSO

 

Piruka MC
Madorna, boy

[Verso 1]
Yo, meu Khapote, querem dar capote
Aqui no mothafucka do Pirukinha
Tentam a sorte e levam o corte
A minha turma caminha sozinha

Falam do meu bote, falam do meu toque
Sou passatempo de quem não tem vida
Se esta merda berra, eu fico no bairro
Charro na boca, a tasca é a esquina

Ando a ser criticado porque falo da minha filha
Fuck it
Isso não tem nexo
Há muito que fala, e pouco que imagina
Eu tou na via não volto p'ó anexo

Eu sei que quem chora pelo meu sucesso
É aquele sorri na minha desgraça
Olha-te ao espelho, vês o meu reflexo
Cuspo-te a cara e abano a carcaça

Agora tu sente, a minha vida mudou de repente
A tua recaída começou no pente


Mantenho a cabeça erguida como tive sempre
Continuo com a família na linha da frente
Como disse, a minha vida hoje é um passatempo
Para quem não tem vida e só passa o tempo
A ver tudo que os outros fazem
Não escapa um momento
Eu sou essa parlapiê, não 'tou num Parlamento
Portanto tu pula, tu pula, tu pula, tu pula
Em mim só vês gana
Longe da cana, sempre na rua
Eles falam do meu nome
Que é para ver se ganham nome
E eu pergunto como?
Não se passa nada
Eu quero é muito fumo, ya quero é muito fumo
Deixei de espremer o sumo
E bebi a limonada

Uh não faz isso (x2)

Ai Pirukinha, tu não podes fazer isso
Eu fiz de tuga a América
E não posso fazer isso?
50 milhões sem pagar um centavo
Não papo, não papo
O meu prato tem um crucifixo
Hoje em dia é tudo falso
E eu passo por cima disso
Falam do que eu faço
Não falem, façam melhor
Anda tudo a rezar
Para chegar ao meu deslize
O que me vês gastar, sai tudo do meu suor
A vida que me vês levar é tudo mérito
Eu 'tou a viver a sério
Sempre com a mesma conduta
Sempre o mesmo Piruka
Para tudo filho da shhh
Sou filho do Arménio
Antes ia de carro
Hoje o transporte é aéreo
Faz metade do que eu faço
E dá-te um piri-pac
Não 'tou a brincar
Não quero voltar ao prédio
Antes dos 25 sento o cu num Cadillac
Dizem que o meu rap é crack
Porque eu sou um craque, bruto
E que ando a matar o game
Mas sou um bocado puto
Com o nome no hall of fame
Pus o mercado curto
Tu não matas, não te metas no meu barco, burro
Dread, tu és uma nódoa
Não fiques nervoso
Tu só papas as sobras
Que a vida no papel
Para os ratos, eu viro cobra
Eu fui até à cova a pé, e vi-te a pôr o pé na cova
Ca Bu Fla Ma Nau
Tenho a caneta com pólvora
(Fácil)
Sem muita mistura
Diz lá que queres um som que não bata na rocha
(Fácil)
Fala do Piruka
Porque hoje em dia é o que todos fazem
Falam do meu nome
Que é para subir de surra
Eu já tenho fé na cara
Ofereço-te a coroa para seres rei em casa
Já que não és na rua


Com 24 nas costas, já fiz muito e tu não vês
Não vais abanar a estrutura
A imitar um francês

Oh Charlie, corta isso
Já estou a dar muito nome a esses bonecos 

 

 

23113480_1510929098982791_363603494_n.png

 

Para ouvires mais SUGESTÕES MUSICPORTUGAL clica neste link: http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/sugest%C3%A3o+musicpt ... mais MÚSICAS NOVAS em http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/m%C3%BAsicas+novas

 

(INFONEWS) Cuca Roseta - Novo álbum “Luz” com edição a 10 de Novembro

"Luz" é o título do novo álbum de Cuca Roseta, cuja lançamento físico e digital está agendado para 10 de novembro com a chancela da Sony Music. Cuca gravou o álbum com os músicos Mário Pacheco e Ângelo Freire (guitarras portuguesas), Pedro Joia (guitarra clássica), Marino de Freitas (baixo), João Barradas (acordeão) e Diogo Clemente (viola de fado). 

"Na esclarecedora e belíssima imagem escolhida para a capa vemos tudo isso: a força afirmativa que Luz traz, a segurança e a paz que existe nas suas escolhas, e uma elegância no canto que nunca antes se fez sentir de uma forma tão declarada"... "Mais uma vez Cuca Roseta vai mais longe, sempre um passo à frente. Esse tem sido o caminho de revelação da fadista – que o tem percorrido descobrindo-se e revelando-se plenamente, como intérprete, autora, compositora, letrista, mulher inteira no fado. E sempre disposta a buscar-se a cada novo disco, a cada nova oportunidade de se mostrar a um público" - lê-se num comunicado de apresentação do novo trabalho.

Cuca partilha a autoria dos temas com artistas e compositores "com quem tem partilhado a sua vida e outros que sempre admirou profundamente e que agora unem-se em canções maravilhosas". São eles Pedro da Silva Martins, Carolina Deslandes, Jorge Fernando, Tiago Machado, entre outros. o single de avanço é "Balelas"; foi composto por Pedro da Silva Martins, um dos compositores do Festival da Canção de 2017. O produtor do álbum, Diogo Clemente, estará também envolvido no Festival do próximo ano.

 

FONTE DA NOTÍCIA: http://www.escportugal.pt/2017/10/audio-cuca-roseta-com-novo-album-luz.html

 

 

cucaroseta.png

Música da Semana (23 a 29 de outubro)

"Mais uma semana, mais uma MÚSICA TOP da semana. As grandes músicas continuam a tocar na tua musicportugal." As grandes músicas estão sempre disponíveis diariamente na tua musicportugal! 

A música TOP desta semana é... "Selena Gomez & Marshmello - Wolves"

wolves.png

Aqui fica a letra e o vídeo oficial da música:

 

(LETRA) "Wolves"

 

In your eyes, there's a heavy blue
One to love, and one to lose
Sweet divine, a heavy truth
Water or wine, don't make me choose

I wanna feel the way that we did that summer night, night
Drunk on a feeling, alone with the stars in the sky

I've been running through the jungle
I've been running with the wolves
To get to you, to get to you
I've been down the darkest alleys
Saw the dark side of the moon
To get to you, to get to you
I've looked for love in every stranger
Took too much to ease the anger
All for you, yeah, all for you
I've been running through the jungle
I've been crying with the wolves
To get to you, to get to you, to get to you

To get to you
To get to you

Your fingertips trace my skin
To places I have never been
Blindly, I am following
Break down these walls and come on in

I wanna feel the way that we did that summer night, night
Drunk on a feeling, alone with the stars in the sky

I've been running through the jungle
I've been running with the wolves
To get to you, to get to you
I've been down the darkest alleys
Saw the dark side of the moon
To get to you, to get to you
I've looked for love in every stranger
Took too much to ease the anger
All for you, yeah, all for you
I've been running through the jungle
I've been crying with the wolves
To get to you, to get to you, to get to you

To get to you
To get to you

I've been running through the jungle
I've been running with the wolves
To get to you, to get to you
I've been down the darkest alleys
Saw the dark side of the moon
To get to you, to get to you
I've looked for love in every stranger
Took too much to ease the anger
All for you, yeah, all for you
I've been running through the jungle
I've been crying with the wolves
To get to you, to get to you, to get to you

 

 

wolves.png

 

As músicas TOP das outras semanas disponíveis em http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/m%C3%BAsicadasemana.

PROCURA MAIS MÚSICAS NO NOSSO FACEBOOK OFICIAL!

 

Taylor Swift - …Ready For It?

Knew he was a killer
First time that I saw him
Wonder how many girls he had loved and left haunted
But if he's a ghost then I can be a phantom
Holdin' him for ransom
Some, some boys are tryin' too hard
He don't try at all though
Younger than my exes but he act like such a man, so
I see nothing better, I keep him forever
Like a vendetta-ta

I-I-I see how this is gonna go
Touch me, and you'll never be alone
I-Island breeze and lights down low
No one has to know

In the middle of the night, in my dreams
You should see the things we do, baby
In the middle of the night, in my dreams
I know I'm gonna be with you
So I take my time
(Are you ready for it?)

Me, I was a robber
First time that he saw me
Stealing hearts and running off and never saying sorry
But if I'm a thief then
He can join the heist
And we'll move to an island-and
And he can be my jailer
Burton to this Taylor
Every love I've known in comparison is a failure
I forget their names now
I'm so very tame now
Never be the same now, now

I-I-I see how this is gonna go
Touch me and you'll never be alone
I-Island breeze and lights down low
No one has to know
(No one has to know)

In the middle of the night, in my dreams
You should see the things we do, baby
In the middle of the night in my dreams
I know I'm gonna be with you
So I take my time
(Are you ready for it?)
(Ooh, are you ready for it?)

Baby, let the games begin
Let the games begin
Let the games begin
Baby, let the games begin
Let the games begin
Let the games begin

I-I-I see how this is gonna go
Touch me and you'll never be alone
I-Island breeze and lights down low
No one has to know

In the middle of the night, in my dreams
You should see the things we do, baby
In the middle of the night, in my dreams
I know I'm gonna be with you
So I take my time
In the middle of the night

Baby, let the games begin
Let the games begin
Let the games begin
(Are you ready for it?)
Baby, let the games begin
Let the games begin
Let the games begin
(Are you ready for it?)

 

 

36248445544_ed7d56a77c_h.jpg

(INFONEWS) Calzedonia e RFM: Natal a Meias

A marca italiana de legwear Calzedonia juntamente com a RFM apresentam a campanha “Natal a Meias”, um projeto que visa apoiar o trabalho da instituição sem fins lucrativos Comunidade Vida e Paz.

 

A marca produziu 120 mil pares de meias exclusivamente para este projeto, pelo que estarão disponíveis quatro produtos: um para mulher, um para homem, um para menina e outro para menino. As meias da edição especial Natal são pretas, de algodão quente, ideal para os dias frios de inverno. Contam também com um coração em glitter vermelho (para elas) e bolas vermelhas (para eles), dando um toque mais fashion a esta coleção.

 

A campanha “Natal a Meias” decorre entre os dias 23 de outubro e 25 de dezembro em todas as lojas Calzedonia do país. O valor unitário é de 5€ por cada par de meias, sendo que 2,50€ (metade do valor) reverterá para a Comunidade Vida e Paz.

 

 

Calzedonia e a RFM propõem-se a vender assim 120.000 pares de meias, esperando contribuir com cerca de 300 mil euros que ajudarão a financiar três grandes projetos da instituição:

          - Assegurar condições do Centro de Tomada – Comunidade Terapêutica e Comunidade de Inserção: O Centro de Tomada é o primeiro local para onde vão as pessoas com necessidades especiais acolhidas pela comunidade e que precisa, consequentemente, de aparelhos, reparações e mobiliário. A Calzedonia pretende contribuir com 150 mil euros.

          - Quinta do Espírito Santo: Para que seja possível a todas as pessoas uma reinserção na vida ativa e em sociedade, a Comunidade Vida e Paz foca-se em transmitir-lhes as aptidões necessárias, quer a nível técnico quer a nível social. A Quinta do Espírito Santo é o local onde as pessoas que fazem parte deste projeto recebem o conhecimento para a empregabilidade. A Calzedonia pretende contribuir com 31 mil euros para o seu restauro e melhoria de condições.

           - Agricultura Biológica: O projeto de agricultura biológica tem como missão dotar as pessoas acolhidas pela associação de ferramentas, dando-lhes a possibilidade de criar um modelo de negócio autossustentável para consumo próprio e externo. Por acreditar que este passo pode ser uma mudança significativa, a Calzedonia pretende contribuir com 80 mil euros.

 

 

Sobre a Comunidade Vida e Paz: A Comunidade Vida e Paz é uma associação sem fins lucrativos que tem como missão ir ao encontro e acolher pessoas em condição de sem-abrigo, ou em situação de vulnerabilidade social, ajudando-as a recuperar a sua dignidade e a (re)construir o seu projeto de vida, através de uma ação integrada de prevenção, reabilitação e reinserção.

 

Porque as coisas boas são melhores quando as fazemos "a meias" e o Natal é uma delas.

 

Mais INFO em https://rfm.sapo.pt/content/3557/natal-a-meias-vamos-aquecer-coracoes

 

rfm_natal_a_meias_cartaz11589da3.jpg

Pág. 1/12