Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

UM NOVO CONCEITO DE MÚSICA!

MUSICPT na GONDOMAR FM - Ouve aqui o 30.º programa [especial três horas de músicas novas] [disponível no Spotify]

Aqui encontras a tracklist e áudio completo do 30.º programa da MUSICPORTUGAL na GONDOMAR FM, emitido no dia 06 de fevereiro de 2019Estas foram as músicas que tocaram no programa:

 

 - Parcels - Tieduprightnow

 - Ariana Grande - 7 rings

 - Anitta & Kevinho - Terremoto

 - Beatriz Pessoa - Feminina

 - Shawn Mendes ft. Leon Bridges - Why (Remix)

 - Gonçalo Guerra - Senta-te Aqui

 - Beirut - Gallipoli

 - ÁTOA - Hoje

 - MARIA - Toda Vez

 - XAVE - Se Foi Amor

 - Radiohead - I'll Wind

 - Sam Alves & Freqncy - Aquele Amor

 - Os Aurora - És Minha

 - mishlawi - Uber Driver

 - KURA - Nothing Else Matters

 - Savage Garden - I Knew I Loved You

 - Luis Fonsi - Sola

 - Khalid - Saturday Nights

 - Antonio José ft. Diogo Piçarra - A Donde Vás

 - Beck - Tarantula (Music Inspired by the Film Roma)

 - Luisa Sobral - Dois Namorados

 - Interpol - Fine Mess

 - Chris Brown - Undecided

 - Alec Benjamin - Let Me Down Slowly

 - A-Team - A-Flow

 - Lartiste feat. Karol G - PELIGROSA

 - Cristina Branco - Namora Comigo

 - Ana Vilela, David Carreira - Trem-Bala

 - Matt Simons - Open Up

 - The Code - Vai

 - Avril Lavigne - Tell Me It's Over

 - Boss AC ft. Supa Squad - Catchupa Sab

 - Billie Eilish - Bury a Friend

 - Dua Lipa - Swan Song (From the Motion Picture - Alita Battle Angel)

 - SEA - Bye Bye

 - James Blake ft. Rosalía - Barefoot In The Park

 - TrYangle - The Dire

 - Gabriel o Pensador - Muito Orgulho, Meu Pai

 - Cage The Elephant - Ready To Let Go

 - Branko & Sango feat. Cosima - Hear From You

 - Bryan Adams - Shine A Light

 - Stereossauro feat. Carlos do Carmo, The Legendary Tigerman & Ricardo Gordo - Cacilheiro

 - Supa Squad ft. Deejay Telio & Deedz B - Tudo Nosso

 - Alok & Yves V ft. Gavin James - Innocent

 - Diana Lima - Se Tudo Mudar (Prod. SuaveYouKnow & Diogo Piçarra)

 - Bob Sinclar feat. Robbie Williams - Electrico Romantico

 - Xutos & Pontapés - Às Vezes

 

Áudio do 30.º programa:

 

 

 

+ INFO sobre este incrível programa em http://bit.ly/musicportugalgondomarfm.

 

MUSICPORTUGAL ON AIR, TODAS AS QUARTAS, EM GONDOMARFM.PT!

 

"PODCAST MUSICPTGFM" - é a TAG criada para este programa. Vais poder encontrar todas as edições do programa e as tracklists em http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/podcast+musicptgfm.

 

30programa_musicportugalnagondomarfm.png

MÚSICA NOVA DO DIA I Miguel Vasco - In The Middle Of Your Own

A guitarra sempre foi o principal meio de expressão para a música de Miguel Vasco, tendo posteriormente começado a compor e a cantar. Sempre assumiu uma vontade criativa forte, mesmo na forma como interpretava outros temas.

 

Agora apresenta-nos “In The Middle Of Your Own”, uma canção que transmite uma mensagem simples, que une o amor e a música, como duas das forças de expressão mais fortes que nos caracterizam.


Miguel Vasco tem como grandes influências no mundo da música bandas e artistas como Pink Floyd, Eric Clapton, The Beatles, e principalmente, John Mayer.


O tema “In The Middle Of Your Own” já se se encontra disponível nas principais plataformas digitais.

 

 

miguelvasco_musicforall.jpg

 

Para ouvires mais SUGESTÕES MUSICPORTUGAL clica neste link: http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/sugest%C3%A3o+musicpt ... mais MÚSICAS NOVAS em http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/m%C3%BAsicas+novas.

MÚSICA NOVA DO DIA I Mota - One On One (Prod. Alex Brou)

Mais uma aposta nacional da MUSICPORTUGAL... hoje vou-te dar a conhecer a nova promessa do rap português. Chama-se Miguel, mais conhecido por Mota, e apresenta-nos o tema "One On One". O artista falou-nos um pouco de si e da sua música. 

 

"Sou o Miguel, mais conhecido por Mota, já escrevo as minhas próprias músicas desde os 18 anos, mas só a partir dos 22 é que entrei mais em contato com as gravações de músicas através de um projeto social no qual eu integrei. O meu principal objetivo com a música é dizer coisas que por palavras às vezes não conseguia ou não sabia como o dizer. Futuramente espero continuar a melhor a nível musical, apesar de saber que dificilmente irei ter algum tipo de “sucesso” com isso. Em primeiro lugar, sempre fiz música para mim, só depois disso é que os outros decidem se ouvem ou não se gostam ou não, na minha música tento deixar sempre lá um pouco de mim e visto eu ser de poucas palavras quem me quer conhecer a sério basta ouvir aquilo que eu canto".

 

O cantor aproveitou ainda para nos agradecer esta oportunidade que lhe demos para que mais pessoas possam conhecer o seu trabalho. Se também gostavas de ver a tua música publicada na MUSICPORTUGAL, envia-nos um email para tiagoalexandreferreira@outlook.pt ou radiomusicportugal@gmail.com.

 

Confere aqui a letra oficial de "One On One" do português Mota:

 

«Falam mal de mim nas minhas costas,

Porque no fundo é disso que gostas,

Mas estou na linha da frente,

E vivo aqui contra a corrente.

 

Sou o Mota tropa da paz,

Mas se tentas bater de frente,

Estás a invocar o satanás,

Nunca duvides da magia que este espírito trás.

 

Só falas atrás das costas,

Porque é isso que gostas,

Porque estou na linha da frente,

E contra mim não há espaço para concorrente.

 

E se fosses meu cão,

Mantinha-te sempre preso pela corrente celada em betão,

Não sigo essa maré de gente com falsa fé,

Mesmo quando tentas derrubar continuarei de pé.

 

Muitos falam e não dizem nada,

Eles não sabem que estou nisto,

Que não desisto,

Desde os tempos da crewzada.

 

Foi aquilo que ouvi ao crescer,

Por isso não digam que não parto tudo,

Porque venho sempre com tudo,

De alma e coração em cada som.

 

Desde o início até ao fim,

Naquilo que depender de mim,

Sou o rei nesta merda,

Competires contra mim é uma perda.

 

Todos os dias me faço a pista,

Muitos dizem que não,

Mas fuck it,

Quem me dera a carreira de artista.

 

Dizem que dinheiro não trás felicidade,

Não aceito para mim não é verdade,

Porque para mim é a minha motivação,

Por isso todos os dias corro atrás do cifrão.

 

Faço o que quero quando quero,

Ainda me sobra tempo,

Apesar de ter pouco tempo de sobra,

Fazes merda relaxa um gajo cobra,

Cobro sempre a dobrar,

Vou recuperar tudo o que é meu custe o que custar.

 

Não sou da velha nem da nova,

Sou dos que metem o rap a frente,

Por isso tenho o rap presente na minha vida,

Foi com ele que encontrei a chave da saída.

 

O rap comigo tem futuro,

Mesmo que às vezes não o sinta seguro,

É muito quem fala e só mente,

Por isso são poucos quem o Mota sente.

 

É fodido quando um gajo apoia,

E depois não é apoiado,

Muito olham de lado só mandam mau olhado,

Mas não tenho medo.

 

Estico lhes o dedo do meio,

Sem receio corto no paleio,

É tanta letra sem fundamento,

A minha não é só lamento.

 

Não vivo do rap,

Mas o rap vive em mim,

Mesmo sem fama luto até ao fim,

E vou sempre lutar por mim.

 

Dizem que não tem sentido,

Mas sei que tem ouvido,

Tirem a cera do ouvido,

Quando a bomba estourar é fodido.

 

Não curto o vosso rap,

Só falam treta falta a letra,

Parece que poupam tinta da caneta,

Haja paciência tragam de volta as letras com inteligência.

 

Letra com mensagem,

No rap é só bandidos,

Cambada de ignorantes,

Armados em traficantes.

 

Não escrevem o que vivem,

Não sabem do que falam,

Só gosto mesmo quando se calam,

Atrasados mentais dizem ser reais os tais.

 

Mas não chegam a realeza não tem a pureza,

Mas eu só luto para ter comida na mesa,

Mesmo sem guito no bolso,

Já pouco rap escuto porque já não vos curto.

 

É só beef sem sentido,

Por isso já não vos tenho sentido,

Mas está tudo bem enquanto não for comigo,

Porque aí fico fodido.

 

Viro agressivo estou no ativo,

Tou na batida tou na quebrada,

Desde os tempos da crewzada,

Não vos dou punch line.

 

Dou vos punch na face,

A vossa carreira é uma disgrace,

Só tem o nome na boca do povo,

Por causa de quem anda na boca do povo.

 

Um a um é head shot,

Mais uma morte no block,

Dizem que o Mota não vai para o topo,

Eles pensam que eu sou louco.

 

Porque mesmo a falar pouco,

Consigo acabar com a vossa carreira,

Ninguém vos viu ninguém vos vê,

Só tem coragem atrás do pc.»

 

 

mota.png

 

Para ouvires mais SUGESTÕES MUSICPORTUGAL clica neste link: http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/sugest%C3%A3o+musicpt ... mais MÚSICAS NOVAS em http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/m%C3%BAsicas+novas.

Álbum da Semana #6: Stereossauro - Bairro da Ponte

Stereossauro deu agora o passo seguinte: "Bairro da Ponte". O trabalho com que sucede a "Bombas em Bombos", o seu primeiro álbum em nome próprio, editado em 2014, é, simplesmente, o mais ambicioso da sua carreira e um disco que tem tudo para assumir uma justa condição de registo histórico.

 

Partindo dos masters originais de Carlos Paredes e Amália Rodrigues depositados nos arquivos da Valentim de Carvalho, Stereossauro criou um espantoso trabalho de fusão entre tradição e modernidade, carregado de história mas também de sonhos de futuro. Este tipo de acesso tem sido raro na história da música – os US3 ou Madlib a abordarem livremente os arquivos da Blue Note são exemplos possíveis – e é totalmente inédito em Portugal. Nunca um produtor de hip hop no nosso país teve a possibilidade de pesquisar sem restrições neste género de arquivos, de aceder a masters e a bobines de multipistas e ouvir aquilo que muito pouca gente ouviu, para lá dos artistas e dos engenheiros de som envolvidos originalmente nas sessões. No caso de Amália, já nem a diva nem o seu engenheiro de sempre, o mestre Hugo Ribeiro, se encontram vivos, pelo que aquilo que Stereossauro escutou naquelas multipistas – a fadista a falar com os seus músicos entre takes, a dar instruções ao seu engenheiro – equivale, muito literalmente, a viajar no tempo, até às décadas de 60 ou 70 do século passado. E Stereossauro, quando descreve o processo, não esconde o entusiasmo e usa, com frequência, palavras como “arrepio” ou “privilégio”.

 

É com a voz de Amália que o "Bairro da Ponte" se abre: “eu canto este meu sangue, este meu povo”, revela a diva. E está criado o clima para um disco que ao longo de 19 faixas reúne um número sem precedente de convidados num projecto destes. Por ordem de entrada em cena: Camané, NBC, Slow J, Papillon, Plutónio, Ana Moura e DJ Ride, Dino d’Santiago, Carlos do Carmo, Legendary Tigerman e Ricardo Gordo, Gisela João, Capicua, Ace, Rui Reininho, Nerve, Razat e Paulo de Carvalho, Holly e Sr. Preto.

 

Este é o ÁLBUM DA SEMANA!

 

 

stereossauro_bairrodaponte.png

Maluma atua na Altice Arena a 21 de junho de 2019

Ídolo da música latina à escala global e fenómeno de bilheteiras, Maluma actua na Altice Arena (Lisboa) a 21 de junho. Os bilhetes estarão à venda esta sexta-feira, 8 de fevereiro, nos locais habituais.

 

Portugal é um dos pontos de passagem da digressão mundial de Maluma. Esta já é a segunda parte da F.A.M.E Tour, que tem o nome do último álbum do cantor colombiano, o terceiro estúdio lançado em março de 2018, e inclui os êxitos “Felices Los 4”, ‘Corazón’ (feat. Nego Do Borel), "El Préstamo", “Marinero”, e colaborações com Timbaland, Sid, Marc Anthony, Prince Royce, Jason Derulo e Nego Do Borel.

 

F.A.M.E”, que significa Fe (Fé), AlmaMúsica e Esencia (Essência), inclui 14 faixas que demonstram a essência e evolução do artista. Temas nos quais se ouve genuinamente a voz do artista e que falam tanto de relações modernas, desgosto amoroso e vulnerabilidade, bem como de diversão e aproveitar a vida.

 

Com um Grammy Latino na categoria melhor álbum pop vocal contemporâneo (“F.A.M.E”), um Billboard Award e a eleição de homem mais sexy da música, pela revista Vogue, Maluma volta à estrada com F.A.M.E Tour para mostrar ao vivo os grandes êxitos que fazem deste um dos maiores e com mais sucesso dos artistas latinos da actualidade.

 

maluma.png