Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

UM NOVO CONCEITO DE MÚSICA!

[ESPECIAL] As 5 melhores músicas do pai do Bossa Nova, João Gilberto

O mestre do Bossa Nova brasileiro, João Gilberto, faleceu no passado domingo, 06 de julho, aos 88 anos, no Rio de Janeiro.

 

Segundo amigos da família, João Gilberto terá sofrido complicações durante um exame médico. É de conhecimento geral, que nos últimos anos o artista atravessava vários problemas de saúde.

 

Ele foi considerado um artista genial, porque revolucionou a música brasileira ao criar uma nova sonoridade com a guitarra e as influências do jazz para tocar o samba, criando assim o Bossa Nova. A sua forma de cantar também foi visto como inovador. É tido como um dos músicos mais influentes no jazz americano do século XX.

 

Para prestar uma breve homenagem, a tua MUSICPORTUGAL selecionou para ti as cinco melhores músicas do João Gilberto... obviamente que a escolha não foi muito fácil, mas esperemos que estas escolhas sejam do teu agrado.

 

Até sempre, João Gilberto!

 

João Gilberto - Corcovado

 

João Gilberto - Chega De Saudade

 

João Gilberto - Desafinado

 

João Gilberto - Aguarela do Brasil

 

Stan Getz & João Gilberto - Para Machuchar Meu Coração

 

Recorda nesta playlist um pouco da carreira do pai do Bossa Nova, João Gilberto.

 

 

joaogilberto.jpg

MÚSICAS NOVAS da MEGA HITS: 08 de julho de 2019

 - Khalid - Saved

 - Shawn Mendes ft. Camila Cabello - Señorita

 - Major Lazer ft. Anitta - Make It Hot

 - Lhast ft. 9 Miller - jND

 - Felix Jaehn ft. Calum Scott - Love On Myself

 - Ed Sheeran ft. Khalid - Beautiful People

 - David Carreira ft. Nego do Borel & Deejay Télio - Minha Cama

 - Ellie Goulding X Juice WRLD - Hate Me

 

Todas as músicas novas da rádio MEGA HITS em https://musicportugal.pt/tag/as+m%C3%BAsicas+novas+da+megahits.

 

21209764_urqkZ.png

MÚSICA NOVA DO DIA I Luke ATME - Cuidado

Eis que é chegada a hora de uma nova estrela do reggaeton invadir as nossas rádios e televisões com o seu single "Cuidado"! A estrela é Luke ATME.

"Cuidado", é o primeiro single do álbum de estreia "Loudest!" (editado no início de 2019). Em 2018, Luke ATME editou o EP "Under The Palm 3S" que continha os seus anteriores singles de sucesso Perdóname, Shake that Body e Bate no Chão.

Nascido em Itália, Luke ATME interesou-se pela música aos 12 anos quando começou a querer fazer versões dos seus artistas favoritos. Não apenas cantava e tocava mas também dançava. Já na idade adulta, decidiu rumar a Londres para estudar na prestigiada Universidade de West London o curso de Popular Music Performance. Durante esse tempo, aproveitou as oportunidades que lhe surgiram no meio da moda e através de castings, acabou por ser parte integrante de vídeos de artistas como Ellie Goulding, Fred V & Grafix, e Rita Ora. Assim, acaba por conseguir financiar-se e começar a pensar numa carreira a solo.

Tendo como principais influências musicais Avicii, Drake e Bruno Mars, o músico Luke ATME não consegue deixar para trás as suas raízes latinas. Artistas como J Balvin, Maluma ou Ozuna entram no seu universo musical.

 

 

cuidado.jpg

 

Para ouvires mais SUGESTÕES MUSICPORTUGAL clica neste link: http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/sugest%C3%A3o+musicpt ... mais MÚSICAS NOVAS em http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/m%C3%BAsicas+novas.

Álbum da Semana #15: Um Disco para José Mário Branco

"Um Disco para José Mário Branco” é uma prova de admiração e afecto, e também um agradecimento. Pela música, pelas palavras, pelo exemplo, pela atitude, pela inspiração. Ao reunir um conjunto de artistas tão ecléctico e diversificado, o resultado foi um retrato-mosaico de uma obra maior da música portuguesa. Ao juntarmos tantas sensibilidades diferentes, percebemos que José Mário Branco chegou a várias gerações sem perder força, que as suas ideias, soluções e abordagens à canção, no fundo a sua visão artística, continuam a fazer sentido e caminho.

Este disco partiu da celebração dos 40 anos do 25 de abril, tendo o José Mário Branco como referência. Fez-se um livro (na Abysmo) e um espectáculo (na Casa da Música). Lançaram-se sementes. E agora, recolhemos os frutos nas leituras inéditas de Luca Argel, Marfa, Osso Vaidoso, Batida feat. AF Diaphra, Primeira Dama, Guta Naki, Ermo e João Grosso. E completamos este lote com uma recolha de versões, colaborações e citação já editadas de JP Simões, Camané, Lavoisier, os norte-americanos The Walkabouts, os espanhóis SINGLE, Peste & Sida e Mão Morta.

Conclusão: a obra de José Mário Branco vai do hip-hop à electrónica, do fado à pop, do rock à poesia pura e dura, sem passar pela facilidade, gratuidade ou vacuidade. É política, emotiva, terna, dura, alegre, triste, lúdica, inteligente.  E sempre generosa. Como este feliz mapa que (re)inventa caminhos, (re)aponta direcções e, no entretanto, (re)descobre tesouros.

Baralha-nos e dá-nos de novo. O Zé Mário e alguma da mais interessante música portuguesa dos últimos 50 anos.

Um Disco para José Mário Branco” está já disponível para download e streaming na Apple Music, Spotify, Youtube e restantes plataformas digitais e à venda também em CD.

 

Este é o nosso ÁLBUM DA SEMANA!

 

 

umdiscoparajosemariobranco.png