Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

Aqui, APOIAMOS O TALENTO NACIONAL!

MUSICPORTUGAL

25 de Julho, 2020

GLOCKENWISE, RUI REININHO - CALOR (com letra)

Em contexto de pandemia, os Glockenwise convidaram Rui Reininho, um dos mestres portugueses do enigma, a revisitar com eles a Heat. Este é o "Calor" do presente imediato e da incerteza sobre o futuro próximo.

 

Sente-se o calor

Que trará o devir

Rouba-se a razão

Põe-se a malta a sorrir

E depois de morto

o mundo, Todo torto

eu a celebrar

 

E eu sei que dói

Conter todo o medo

Na minha cabeça

A minha figura

Não tenho mais pressa

Nem tempo para dar

Sente-se o calor

 

Sente-se o calor

Que trará o devir

Levam-me a coragem

Que hei-de parir

Sento-me no canto

Nada causa espanto

Nada para sonhar

 

E eu sei que dói

Conter todo o choro

Largar a tristeza

Viver como um tolo

Não tenho amigos

Que possam comprar

 

Temos sempre à mão

Mais uma história para contar

Garrafas pelo chão

Mas sem desculpas para falhar

Pedir só mais um dia

Para que possa ir a cantar

Sente-se o calor

E não dá para fugir

Sente-se o calor

E não dá para fugir

 

Eu sei que dói

Lembrar este pranto

A minha fortuna

Por um dia em branco

Viver nesta pele

Ninguém pode comprar

 

 

glockenwise rui reininho calor.jpg

25 de Julho, 2020

ALERTA MÚSICAS NOVAS!!! MAROON 5, TAYLOR SWIFT, J BALVIN COM DUA LIPA, THE ROLLING STONES COM JIMMY PAGE, BON JOVI E GORILLAZ

 

newmusic 2407.png

25 de Julho, 2020

NEEV LANÇA O TÃO ESPERADO ÁLBUM DE ESTREIA, "PHILOSOTRY"... DESCOBRE-O AQUI!

Disponível em formato físico no final de setembro.

“Se o sonho pode parecer surreal, permitir-se sonhar acordado pode ser mágico. Uma jornada que se torna uma extensão da tua imaginação, transformando realidade em fantasia e fantasia em realidade. ‘Philosotry’ vive num espaço entre mundos - dançando no meio de uma tempestade enquanto o seu coração queima como um incêndio na floresta; escapando de uma dimensão para outra enquanto sua essência foge de si mesma e tira as suas camadas para um universo que vive além de si. Pode ser quente, frio, feliz e triste, mas é real - e real é verdade.”

 

É assim que NEEV apresenta o álbum de estreia, “Philosotry”. Produzido pelo reputadíssimo Larry Klein (Joni Mitchell, Herbie Hancock, Melody Gardot Tracy Chapman), foi gravado entre a Califórnia, Londres e Lisboa. Composto por 12 temas, dos quais já foram revelados cinco singles – "Calling Out""Lie You Love It""This Dream""It Is What It Is" e “Something Trivial” –, o álbum “Philosotry” demostra a versatilidade de NEEV na composição e interpretação. Em “Come On People”, por exemplo, demonstra as influências rock que o marcaram nos primeiros projetos musicais que teve na adolescência. Em “Loot” fica clara a influência hip-hop e soul. “Mess Up With You” é o tema mais contemporâneo do álbum e “Anne Marie”, uma balada escrita em formato de carta de amor, deixa a nú a paixão pelo country, um estilo referência para NEEV. Na minimalista “Staring Throught", enceta numa conversa sobre o que a pessoa que somos e a que queremos ser, e quão refém podemos ficar dessa ideia.

 

A fechar o disco encontra-se o único tema em português, “Não Sei de Mim”.

 

Altamente criativo, original e determinado a mostrar-se ao mundo, NEEV – nome artístico de Bernardo Neves – é uma lufada de ar fresco na cena musical portuguesa. O timbre natural e orgânico, a força quase mística que entrega a cada canção, a cada nota, distinguem-no e elevam-no.

Com apenas 19 anos viveu em Inglaterra, onde estudou Music Business e desenvolveu um projecto que aliava a música a causas solidárias. Auto-didata, sempre teve música na sua vida e nunca se imaginou a fazer outra coisa.

Inspirado por Nick Drake, Sufjan Stevens e Bon Iver, artistas que exploram sentimentos e sonoridades similares, NEEV serve-se da guitarra, baixo, piano, bateria, ukulele, bandolim ou lap steel para se exprimir musicalmente. Paralelamente, é através das palavras que transmite a sua verdade, ideias e pensamentos que tem vindo a desenvolver ao longo dos anos, mas sem cariz auto-biográfico.

 

“Philosotry” é editado a nível mundial, em formato digital, e em França, em formato físico, através da Universal Music que assinou com NEEV após a participação no Reeperbahn e no Eurosonic. Em Portugal, o disco estará disponível em formato físico no final de setembro.

 

"Philosotry": um dos discos mais aguardados de 2020!

 

 

neev.png

25 de Julho, 2020

DAVID FONSECA - SÓ DEPOIS, AMANHÃ (com letra)

"Só Depois, Amanhã" faz parte do disco "Lost and Found - B Sides and Rarities", uma colecção de lados B e raridades antes espalhadas por diversas plataformas e finalmente reunidas num só disco.

 

Fiz-me ao mar e fui em frente

Disse adeus à minha gente

Fui tão longe e pra nunca mais voltar

Queria mais, eu queria tudo

Mas tão grande é o mundo

Deixei de ver-te

Caí na noite

E tu voltaste para me buscar

 

Vou-te abraçar, eu vou

Pra não mais largar, eu sou

Barco no mar que encontrou

A luz da manhã

Onda a quebrar e quem

Vai querer largar, ninguém

E vou chorar, mas só depois

Amanhã

 

Meia-volta, estou a caminho

Caminho só mas não sozinho

Vou ter de volta o que um dia já foi meu

Já livre dos meus fantasmas

Diz-lhe que hoje eu vou pra casa

Hoje eu deixo tudo

Não há fronteira no mundo

Que me impeça de te encontrar

 

 

david fonseca.jpg

25 de Julho, 2020

RFM TOCA PORTUGAL: MOMENTOS ÚNICOS DA HISTÓRIA DA MÚSICA PORTUGUESA TOCAM A PARTIR DE HOJE

Na Rádio das Grandes Músicas… Grandes exclusivos da história da Música Portuguesa!

A RFM vai abrir o baú dos tesouros!

 

Uma versão única e exclusiva do "Dunas" dos GNR, do “Chuva Dissolvente” dos Xutos e Pontapés ou do “Às Vezes” dos D.A.M.A., duetos incríveis e inéditos de Rui Veloso com Mariza, de Pedro Abrunhosa com Luís Represas ou de João Pedro Pais com Mafalda Veiga e muitas mais surpresas!

 

A RFM abre, a partir deste Sábado, as portas dos seus preciosos arquivos e vai partilhar com todos os Portugueses momentos únicos vividos com todos os ouvintes no auditório da RFM, em concertos exclusivos RFM, em casa, nos escritórios de vencedores e em tantos outros lugares onde se fez história da música nacional.

 

Todos os Sábados, às 19h, com apresentação de Daniel Fontoura e produção de Rui Fernandes e Teresa Lage, a RFM apresenta uma hora de grandes músicas portuguesas ao vivo na RFM.

 

A história da Música Portuguesa também se fez e faz na RFM com Grandes Músicas ao vivo que tocaram todos os Portugueses e que agora vão estar no ar para voltar a emocionar.

 

Na Rádio das Grandes Músicas… Grandes exclusivos da história da Música Portuguesa!

 

Mais informações no site da RFM.

 

rfm toca portugal.png

25 de Julho, 2020

OUVE AQUI O REGRESSO DA MIA ROSE COM O TEMA "KNOWN BETTER"

Mia Rose dispensa apresentações, traz com uma nova sonoridade no seu regresso ao estúdio em 2020. “Known Better” é o primeiro single do ano, em que Mia explora um novo lado, mais adulto, mais honesto e irreverente.

 

 As saudades eram muitas e o que aí vem vai surpreender!

 

 

mia rose.jpg

25 de Julho, 2020

MÚSICA NOVA DO DIA I D.A.M.A - A QUARENTENA MATOU-NOS (IV - DESAPEGAR)

Um testemunho sobre o desgaste provocado pela rotina derivada a este novo contexto.

No passado sábado, 18 de julho, os D.A.M.A deram a conhecer mais um dos temas que fará parte do próximo registo de longa-duração da banda, que tem data de lançamento agendada para o último trimestre de 2020.

 

Depois da canção “ELA” (II - florescer), o coletivo lisboeta propõe agora um registo mais introspetivo com “A Quarentena Matou-nos (IV – desapegar)”, um testemunho sobre o desgaste provocado pela rotina derivada a este novo contexto, que se reflete nas várias áreas da sociedade e igualmente nas relações humanas, com as suas respetivas consequências, a nível individual e coletivo.

 

Desde o dia 10 de Janeiro 2020, depois de cerca de um ano e meio sem lançar música nova, os D.A.M.A começaram lançar um vídeo por mês (cada um correspondente a uma música, até ao lançamento do novo álbum). No entanto, a crise pandémica obrigou o mundo, as pessoas e a indústria cultural em particular, a adaptarem-se às novas circunstâncias. Por isso mesmo, os D.A.M.A alteraram a regularidade do lançamento dos novos temas do álbum até à edição do mesmo, prevista para o último trimestre de 2020, sem contudo deixarem de lançar novidades.

 

Os temas/vídeos que farão parte do novo trabalho estão associados a um verbo que, por consequência, corresponde a um capítulo. Todas as canções estão assim interligadas, lírica e visualmente, unificando assim o trabalho final que será o novo álbum.

 

Sobre “A Quarentena Matou-nos (IV – desapegar)”, nas palavras dos D.A.M.A, «Durante o confinamento cada um de nós foi obrigado a parar de fazer o que habitualmente fazia no seu dia-a-dia. Com essa paragem forçada, muitas pessoas tiveram a oportunidade e tempo de olhar para dentro e de rever a sua relação consigo mesmo e com os outros. O que nos levou a questionar o verdadeiro porquê das coisas, e consequentemente, a revelar o desgaste que a rotina há muito camuflava. O verbo associado a este tema é 'desapegar'. Temos que nos desapegar de umas coisas para nos apegar a outras, confiar que os novos apegos são parte do percurso e que fazem parte do processo de mudança. Desapegar.»

 

 

d.a.m.a.jpg

 

25 de Julho, 2020

BLAYA feat. CARLÃO - ME DOMINA

Música nova que promete tomar conta das noites e marcar o ritmo deste Verão.

Blaya está de volta para dominar tudo! O novo single que conta com a participação de Carlão,  “Me Domina”, é uma daquelas faixas quentes que promete tomar conta das noites e marcar o ritmo deste Verão.

 

A boa vibe e energia de “Me Domina” traz-nos à memória alguns dos seus grandes êxitos como o incontornável-multiplatinado-smash, “Faz Gostoso”, “Vem Na Vibe”“Eu Avisei” ou “Só Love”, todos eles com impacto verdadeiramente impressionante ao longo dos últimos 2 anos.

O que todos estes hits têm em comum é a alegria, a festa, a dança, a irreverência e a boa disposição ou seja, sinónimos do incontornável nome de  Blaya. “Me Domina” feat Carlão é um desses temas. Sabe a Verão, a boa disposição, a alegria, a irreverência e vai pôr toda a gente a dançar. 

A participação de Carlão foi a ‘cereja no topo do bolo´ e veio tornar ainda mais especial a vibe deste tema.

Sobre “Me Domina” e sua colaboração Carlão conta-nos que “O tema cheira a verão, dança e flirt. No meu verso tentei passar a ideia que malandros somos todos, homens e mulheres…”

Blaya acrescenta que “quando fizemos esta música eu pensei no Carlão, também ia estar a sair um bocadinho da minha zona de conforto, e então convidei-o, ele disse , ‘ok, ‘bora nessa’. Acho que correu super bem…o Carlão esteve super bem…” 

“Me Domina” tem letra de BlayaCarlãoTyozKaysha e Bruno Mota. Música de BlayaBruno MotaTyozKaysha.  A produção é de Bruno Mota e RedMojo.

O vídeo do tema também conta com a participação especial de Carlão já está disponível noYouTube. A realização foi de Emerson Ferreira e Catarina Lowndes (A.K.A. Sea3Po). A Direcção de fotografia esteve a cargo de Johel Almeida.

 

 

blaya carlão.jpg