Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

Aqui, APOIAMOS O TALENTO NACIONAL!

MUSICPORTUGAL

18 de Agosto, 2020

PLAYLIST VERÃO 2020 by BARACK OBAMA

Já é uma tradição e este ano não é exceção! Barack Obama, ex-presidente norte-americano, acabou de partilhar nas redes sociais a sua playlist de Verão de 2020 com grandes escolhas.

 

"Nos últimos meses, passei muito tempo a ouvir música com a minha família" escreveu Obama. "Quero partilhar algumas das minhas preferidas para este verão", completou. 

 

Billie Eilish, Khruangin, Rihanna, Megan Thee Stallion, Mac Miller, War, Childish Gambino, Frank Ocean, Bob Dylan, Stevie Wonder, John Coltrane, Anderson .Paak, são alguns dos artistas presentes nesta playlist cheia de diversidade. Músicas novas, clássicos, jazz, pop, hip-hop, tem um bocadinho de tudo...

 

Estas são as 53 músicas da playlist do Verão 2020 de Barack Obama:

 

 - Khruangbin, Leon Bridges - Texas Sun

 - Common - Forever Begins

 - John Legend, Koffee - Don't Walk Away

 - The Chicks - Gaslighter

 - Billie Eilish - my future

 - Maggie Rogers - Love You For A Long Time

 - Billy Porter - For What It's Worth

 - Jennifer Hudson - Feeling Good

 - Megan Thee Stallion feat. Beyoncé - Savage Remix

 - Teyana Taylor - Made It

 - Rihanna feat. Drake - Work

 - Young T & Bugsey, Busta Rhymes - Don't Rush

 - Khalid, Disclosure - Know Your Worth

 - Popcaan feat. Drake & PARTYNEXTDOOR - TWIST & TURN

 - Wizkid, H.E.R. - Smile

 - Bob Marley & The Wailers - Could You Be Loved

 - Jorja Smith feat. Burna Boy - Be Honest

 - Princess Nokia - Gemini

 - J. Cole - The Climb Back

 - Nas - Memory Lane (Sittin' in da Park)

 - Mac Miller - Blue World

 - Andrea Valle - Know You Bare

 - MAYE - Tú

 - Childish Gambino - 12.38

 - War - All Day Music

 - Otis Redding - These Arms of Mine

 - Billie Holiday - I'll Be Seeing You

 - OutKast, Cee-Lo Green - Liberation

 - Moses Sumney - Rank & File

 - Stevie Wonder - All I Do

 - HAIM - The Steps

 - Bonnie Raitt - Nick Of Time

 - Bob Dylan - Goodbye Jimmy Reed

 - Sheryl Crow - All I Wanna Do

 - Jason Isbell, The 400 Unit - Be Afraid

 - Andy Shauf - Neon Skyline

 - Frank Ocean - Cayendo (Side A - Acoustic)

 - Cassandra Wilson - Solomon Sang

 - Summer Walker, PARTYNEXTDOOR - My Affection

 - KYLE feat. Bryson Tiller & Raphael Saadiq - The Sun

 - PARTYNEXTDOOR - PGT

 - H.E.R. - As I Am

 - Beyoncé, Shatta Wale, Major Lazer - ALREADY

 - Little Simz - one life, might live

 - Tank and The Bangas - Spaceships

 - D'Angelo - Higher

 - Chet Baker - Let's Get Lost

 - Nina Simone - My Baby Just Cares for Me

 - John Coltrane - Impressions - Take 3

 - Anderson .Paak - Lockdown

 - Lil Mosey & Lil Baby - Back At It

 - CHIKA - CROWN

 - J Balvin, Dua Lipa, Bad Bunny, Tainy - UN DIA (ONE DAY)

 

 

 

 

Imagem1.png

18 de Agosto, 2020

VIAGEM NO TEMPO 📀 DUO OURO NEGRO - BAILIA DOS TROVADORES (1974)

Raúl Indipwo e Milo MacMahon formaram em 1959 os Duo Ouro Negro, em Vila Carmona, atual Uíge em Angola

 

Começaram por se chamar "Ouro Negro". O nome, esse sugerido pela locutora Maria Lucília Dias da Rádio Clube do Congo Português, designava localmente tudo o que fosse excepcional. O projeto centrava-se no folclore angolano de várias etnias e línguas.

 

Os Duo Ouro Negro tocavam em todo o mundo, desde a América Latina ao Japão, passando pelo principado do Mónaco. Participaram no Grande Prémio TV RTP da Canção de 1967 com "Livro Sem Fim" e "Quando Amanhecer", no Festival RTP da Canção de 1969 com "Tenho Amor Para Amar" que fica novamente em 2º lugar, e também no Festival RTP da Canção de 1974 com "Bailia dos Trovadores", tema que recordamos hoje no VIAGEM NO TEMPO.

 

"Bailia dos Trovadores" ficou em 4.º lugar do Festival da Canção. Este single então publicado pela Valentim de Carvalho trazia no lado B a canção "Vamos Erguer a Vida", um original de Sequeira Afonso.

 

"O Espectáculo é Ouro Negro", "Mulowa África", "Blackground", "Lindeza!" e "Aos Nossos Amigos" são os principais álbuns dos Duo Ouro Negro.

 

Recorda grandes clássicos da música portuguesa na MUSICPORTUGAL, porque aqui APOIAMOS O TALENTO NACIONAL!

 

 

DUO OURO NEGRO.jpg

18 de Agosto, 2020

MÚSICA NOVA DO DIA I DULLIA - TUDO DE NOVO

Repleto de amor, carinho e muita saudade, este tema é uma singela homenagem à sua falecida avó.

Quando as palavras já não podem ser ditas diretamente às pessoas que amamos, é preciso eternizá-las. E isso, é o que Dullia faz no seu novo tema: eterniza, de forma cantada, o amor que sente por um ente querido que já partiu. “Tudo de Novo” é o mais recente single da compositora e já se encontra disponível nas plataformas digitais.   
 

Embora a morte seja natural e um processo pelo qual todos nós passaremos um dia, lidar com ela nem sempre é simples. Na hora de viver a dor do luto, a música para homenagear quem morreu é uma excelente aliada, ajudando a extravasar os sentimentos e a lidar melhor com eles. Repleto de amor, carinho e muita saudade, o novo tema da artista é uma singela homenagem à sua avó, falecida em 2018.    

Em “Tudo de Novo” a cantora faz uma viagem no tempo onde enaltece as melhores memórias que tem da sua avó, relembrando os dias passados com ela, os seus ensinamentos, o seu abraço e até mesmo aqueles dias em que “Você já não lembrava quem eu era muitas vezes / Me perguntava a mesma coisa mais meio milhão / Mas lembrava de mim / Todo dia na sua oração”, recorda Dullia, nos seus versos.    

Com esta música, a artista pretende demonstrar a todos os que se revêem nela que, há sempre forma de mantermos viva a imagem e o amor de quem nos deixou. Embora não possamos recuar no tempo, se essa fosse uma possibilidade, de certeza, que muitos voltariam a querer viver tudo o que agora é passado.   
 

Cheio de emoção e carregado de eterna saudade, “Tudo de Novo” está já disponível para ouvir nas plataformas digitais e aqui na MUSICPORTUGAL.

 

 

tudo de novo.jpg

 

18 de Agosto, 2020

MÚSICA NOVA DO DIA I BIKINI CIGARETTE - WAR

Bikini Cigarette são uma Banda Rock Portuguesa, nascida na cidade de Vizela, formada pelo vocalista Vitor Teixeira, pelos guitarristas Rui Borges e Diogo Guimarães, pelo baixista Miguel Vilaça e pelo baterista Diogo Carvalho.


Formados em 2016, os Bikini Cigarette emergiram da necessidade que os seus elementos sentiram em criar música nova, com raízes no Rock Clássico, cruzando elementos do Hard Rock e Rock Alternativo, recuperando de certa forma as experiencias vividas nos frenéticos anos 90, mas sempre com olhos bem postos no futuro.

 

Bebendo inspiração em algumas Bandas bem reconhecidas, como Led Zeppelin; Black Sabbath; Deep Purple; Smashing Pumpkins; Audioslave; Queens of the Stone Age; Rival Sons entre muitas outras, os Bikini Cigarette apostam em criar a sua própria sonoridade, forte, vincada e com mensagens socialmente conscientes que permitam comunicar com o mundo atual, aliando a tudo isto intensas performances ao vivo.

 

A Banda está de momento a trabalhar na composição e gravação do seu primeiro EP, que está previsto sair em finais de 2020. Entretanto foram já lançados 3 singles, "True Lovin’ Rage", "On Radar 3.38" e mais recentemente "War", acompanhada de videoclip que podes ver no final deste artigo.

 

O novo single, "War" é uma música que aborda o sentimento de raiva que a maioria dos jovens soldados sente quando são convocados para a Guerra, para lutarem por uma causa com a qual não se identificam e na qual não acreditam. A música está estruturada em 3 diferentes narrativas que traduzem os diferentes momentos que vivenciam no Teatro de Guerra, evocando as estranhas sensações que estes Soldados sentem até atingirem o clímax de um trauma irreversível. Riffs de guitarra pesados aliados a uma poderosa batida, misturados com melodias vocais sinceras e expressivas, são a combinação perfeita para transmitir esta importante mensagem a um Mundo sedento de Paz!

 

 

bikini cigarette.png

 

18 de Agosto, 2020

ECO FESTIVAL AZORES BURNING SUMMER: 26, 27, 28 E 29 DE AGOSTO NA PRAIA DOS MOINHOS, PORTO FORMOSO, ILHA DE SÃO MIGUEL

O PRIMEIRO ECO-FESTIVAL DOS AÇORES! CONSULTA AQUI A PROGRAMAÇÃO OFICIAL DO FESTIVAL.

Música e Cinema, são estes os ingredientes que vão manter viva a chama do Eco Festival Azores Burning Summer em 2020. Uma edição que se estende por quatro dias, com lotação limitada a 150 pessoas e diversas restrições, para demonstrar que é possível manter a actividade cultural em segurança durante a pandemia.

 

O Azores Burning Summer acontece desde 2015 no Parque e Praia dos Moinhos, no Porto Formoso — ilha de São Miguel e diferencia-se no quadro dos festivais de música nacionais pelas iniciativas de cariz artístico e de sensibilização ecológica, pelas boas práticas ambientais e controlo de impactos. Não se posiciona como um festival de música para massas mas sim como um evento de acesso equilibrado que liga a música à terra e a arte à consciencialização ambiental.

 

A escolha da Praia dos Moinhos para a realização do evento foi estratégica: o local é caracterizado por uma profunda beleza natural e uma dinâmica própria que tem marcado gerações, para além de permitir descentralizar a oferta cultural e de animação turística.

 

Tendo em conta o actual contexto da pandemia e numa perspectiva de contribuir para a continuidade da actividade cultural em segurança, a organização do Eco Festival Azores Burning Summer decidiu realizar a edição de 2020 num formato reduzido e altamente restritivo de modo a garantir a máxima proteção da saúde pública.

 

Durante quatro dias vários artistas locais irão subir ao palco montado na esplanada da Praia dos Moinhos. A programação contempla a participação dos DJ’s Matti, Nex, Tape e Narco Paulo e os concertos de Sara Cruz, Funny Caravan Jazz Quartet, Nordela Jazz Convention e PMDS.

 

O cinema é uma arte que proporciona a partilha de conhecimento e abre portas à reflexão. Questionar, inquietar e promover mudanças de comportamentos é a finalidade do ciclo de cinema que se estreia ao ar livre na Praia dos Moinhos com a apresentação dos filmes: Gipsofila de Margarida Leitão, Volta à Terra de João Pedro Plácido, Pára-me de repente o pensamento e Até que o Porno nos Separe de Jorge Pelicano.

 

A edição de 2020 irá decorrer nos dias 26, 27, 28 e 29 de Agosto, entre as 19h00m e as 24h00m, com lotação máxima de 150 pessoas, numa área de 450m2, com lugares marcados, mesas com 2 cadeiras e distanciamento de acordo com a lei, incluindo uma distância de 4m entre palco e primeira fila do público. Os bilhetes diários têm um valor simbólico de 10€ e estarão à venda no Tukátulá Bar (Ribeira Grande), Moinho Terrace Café (Porto Formoso) e Livraria Solmar (Ponta Delgada).

 

O posicionamento do Festival em 2020 é o de incentivar a actividade cultural em segurança, num de gesto de solidariedade para com todos os artistas e profissionais do sector cultural.

 

A Organização do festival está a acompanhar as orientações da Autoridade Regional de Saúde e, caso não existam condições para a realização do evento, o mesmo será ajustado ou adiado.

 

O evento é organizado pela ARTAC - Associação Regional para a Promoção e Desenvolvimento do Turismo, Ambiente, Cultura e Saúde.

 

PROGRAMA:

 

26 AGOSTO

19h00m - DJ Set: Matti

20h30m – Concerto: Sara Cruz

22h00m – Cinema na Praia: Gipsofila (2015/ 1h/ Margarida Leitão)

 

27 AGOSTO

19h00m – DJ Set: Narco Paulo (New Wave/ Tropical/ Afro Synth)

20h30m – Concerto: Funny Caravan Jazz Quartet

22h00m – Cinema na Praia: Pára-me de repente o pensamento (2014/ 1h41m/ Jorge Pelicano)

 

28 AGOSTO

19h00m – DJ Set: Nex

20h30m – Concerto: Nordela Jazz Convention

22h00m – Cinema na Praia: Volta À Terra (2014/ 1h18m/ João Pedro Plácido)

 

29 AGOSTO

19h00m – DJ Set: Tape

20h30m – Concerto: PMDS

22h00m – Cinema na Praia: Baraka (1993/ 1h29m/ Ron Fricke)

 

Mais informações sobre o evento nos seguintes links:

Site: www.azoresburningsummer.com

Facebook: facebook.com/azoresburningsummer

Instagram: instagram.com/azoresburningsummer

 

azores burning summer 2020.png