Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

Aqui, APOIAMOS O TALENTO NACIONAL!

MUSICPORTUGAL

23 de Setembro, 2020

MURTA - ALGUÉM QUE MUDE (com letra)

Refrão

Preciso de alguém que mude (yeah)

E baby tu nunca assumes (yeah)

Preciso de alguém que mude

E baby tu não, baby tu não

 

Baby, tu nunca assumes quando dás demasiada confiança

E percebes que eu fico com ciúmes

Sei que correr por gosto não cansa, mas dás valor a quem não tem conteúdo

E eu já não sou nenhum miúdo

Baby, you know I love you

Mas não tou a curtir da atitude

 

Sei o que pensas e não é verdade

Nunca quis ser partilhado

O que eu fiz pra te dar

 

Pus algumas coisas de parte

Não foi tua vontade, mas olha o meu estado

 

Refrão (x2)

 

Eu tentei e eu sei que tu ouviste

É normal que me deixe um pouco triste

Se não queres o meu beijo eu não insisto

 

É hora de acordar

E eu espero não estar errado

(Só espero não estar errado)

 

Refrão (x2)

 

Às vezes não sei se o que eu quero é o que eu preciso

Nem sempre peço um beijo, eu peço diretrizes

E ainda que me deixes porque não o dizes

Tornas um dia de merda num dia feliz

 

Obrigado por me teres lembrado

Levo-te comigo a todo o lado

Dás o toque e eu fico a vibrar

E já não sei parar

Tá-me a magoar

 

Refrão

 

 

murta.jpg

23 de Setembro, 2020

"MARIZA CANTA AMÁLIA" É O NOVO ÁLBUM DA MARIZA COM LANÇAMENTO AGENDADO PARA 20 DE NOVEMBRO

 

 

mariza amalia.png

23 de Setembro, 2020

MÚSICA NOVA DO DIA I JOSÉ GONÇALEZ & FAFÁ DE BELÉM - A VALSA DA PRIMAVERA

Single de estreia do 12.º álbum do fadista, “30 Anos Depois”.

“A Valsa da Primavera”, dueto entre José Gonçalez e Fafá de Belém, é o single de estreia do 12.º álbum do fadista, “30 Anos Depois”. Este trabalho será editado no próximo dia 25 de setembro e apresentado ao vivo num concerto dia 26 de Setembro na sua terra natal, Estremoz, pelas 22 horas. O espetáculo contará com Fafá de Belém, entre outros convidados.

 

“A Valsa da Primavera” é um tema que nasceu com um instrumental da música clássica, sobre o qual José Gonçalez escreveu esta letra. De forma informal, o artista mostrou a música a Fafá de Belém, que aceitou de imediato o convite para a gravar consigo, tendo daí surgido esta surpreendente colaboração. Os dois artistas subirão ainda a palco no Santa Casa Alfama, que acontece a 2 de Outubro, naquela que será uma performance única e irrepetível nomeada “Cumplicidades”.

 

A produção de “A Valsa da Primavera”, bem como de todo o álbum “30 Anos Depois” ficou a cargo de Ângelo Freire, um dos mais prestigiados músicos portugueses da atualidade.

 

 

valsa da primavera.jpg

 

23 de Setembro, 2020

ÁLBUM DA SEMANA #23: SAMUEL ÚRIA - CANÇÕES DO PÓS-GUERRA

"Canções do Pós-Guerra", o aguardado longa duração de Samuel Úria já saiu, este que é também o seu trabalho mais maduro e directo de sempre.

Um disco em que questiona a pós-modernidade e o falhanço colectivo, de todos nós sem excepção. Pelo meio, surgem raios de luz e esperança, os possíveis finais felizes que tanto ansiamos, ancorados na certeza de que a vida continua, merece ser vivida, e de que o amor vale a pena e triunfa.

O lançamento estava previsto para abril, mas viu-se adiado para este mês de setembro. Um título premonitório? Talvez... Dizem que a arte tem essa capacidade, esse recurso de preceder os acontecimentos. Mas, neste caso, esta "guerra" será, como sempre, interior e espiritual. Uma vez mais, Samuel Úria obriga-nos a olhar para dentro. Não num exercício egocêntrico, mas antes como parte de um caminho de necessária partilha.

Samuel Úria assina as letras e as músicas das nove faixas. A produção ficou a cargo de Miguel Ferreira, repetindo a parceria nos registos anteriores.

Já nas lojas em CD e vinil, e em todas as plataformas digitais.

 

Ouve aqui um preview de 30 segundos das 9 faixas de "Canções do Pós-Guerra".

 

 

A viagem sonora de "Canções do Pós-Guerra" é também feita a pé por Lisboa, num filme que acompanha a edição discográfica.

 

«A ideia do passeio por Lisboa, a acompanhar uma excursão pelas canções novas, surgiu-me numa reunião com o meu manager. O objectivo nunca foi (e continua a não ser) o de elaborar videoclips oficiais duma assentada, mas antes criar uma componente visual simples que reforçasse a viagem sonora pelas Canções do Pós-Guerra.
Inicialmente a ideia parecia ambiciosa e artificiosa: tentar a filmagem contínua que acompanhasse as 9 canções. Seria tudo num plano-sequência, apesar da progressão de cenários urbanos entre cada tema. Com a entrada da Joana Linda na realização – que naturalmente apurou o conceito e as localizações – tornou-se claro que precisávamos de abandonar os malabarismos circenses do plano-sequência, e orquestrar antes os cortes necessários para dinamizar os filmes pequenos dentro do filme maior. No final, tudo se resume a uma homenagem ao meu processo criativo (tantas vezes desembargado em passeios a pé por Lisboa), mas ainda a um símbolo literal do desconfinamento. Não há mean streets na nossa capital.» - Samuel Úria


Joana Linda teve a seu cargo a realização do filme:

«"Canções do Pós-Guerra" é uma espécie de missão suicida do audiovisual que abracei com gosto e com vontade porque no meu trabalho não me interessa a busca pela perfeição técnica nem a vassalagem à teoria do cinema. Interessa-me que, no meio do caos, se consiga o vislumbre de algo que é o retrato fiel da realidade ou que a transcende. Este vídeo composto por pequenos 9 vídeos diferentes com ligação entre eles, é uma ode a Lisboa e a alguns dos nossos locais preferidos na cidade. Espelha todas as imperfeições de uma Lisboa em modo pandemia e ainda bem.» - Joana Linda

 

 

Não percas os concertos de apresentação de "Canções do Pós-Guerra" de Samuel Úria:

 

6 Outubro: Teatro Tivoli BBVA, Lisboa
7 Outubro: Casa da Música, Porto
24 Outubro: Teatro Diogo Bernardes, Ponte de Lima

 

Este é o ÁLBUM DA SEMANA para a tua MUSICPORTUGAL! Aqui, APOIAMOS O TALENTO NACIONAL!

 

SAMUEL URIA.png

23 de Setembro, 2020

MÚSICA NOVA DO DIA I ELISA - CORAÇÃO

«Coração é um tema que nasceu de um poema feito por mim, por isso tem um significado muito especial»

Já está disponível em todas as plataformas digitais, uma nova canção da cantora madeirense, Elisa. Sem dúvida, uma das grandes surpresas da música portuguesa. 


O tema tem letra música de Elisa e LEFT. A produção esteve a cargo de Mikkel Solnado e LEFT., nos estúdios Great Dane.


realização do vídeo esteve a cargo de YoCliché com André Madeira na Direcção de Fotografia e produção da Great Dane.

Sobre este seu novo single, Elisa conta-nos:
Coração” é um tema que nasceu de um poema feito por mim, por isso tem um significado muito especial. A partir desse momento comecei a tratar o coração como se fosse uma pessoa, com uma personalidade e que por vezes faz coisas que me podem magoar. Espero que se relacionem tanto como me relaciono com este tema e que dêem uma oportunidade ao vosso coração.”

 

 

elisa coração.jpg