Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

Aqui, APOIAMOS O TALENTO NACIONAL!

MUSICPORTUGAL

02 de Novembro, 2020

DESCOBRE AQUI O EP DE ESTREIA DO RAPPER PORTUENSE BABY JR.

Baby Jr., artista de Hip-Hop da cidade do Porto, lançou no dia 1 de novembro, o seu primeiro EP entitulado de "LUCC!", produzido por Lil Noon. Composto por seis faixas originais, o novo projeto do artista sucede os lançamentos de "Passado Pesado", "B.K", "Back to Back" "CITY" e conta com a participação de Lil Noon, Sien Flamuri (com quem já trabalhou em BLUEPRINT feat. Lójico & Lil Noon) & WavVo. 

 

O rapper de "Passado Pesado" regressa com um EP que está assente na premissa: "O que vem e me maltrata, meto tudo no beat", mensagem esta que se encontra presente em todos os versos que ajudam a narrar a história de uma vida - as peripécias vividas no Bairro de Barracas do Prior Velho, Lisboa e na cidade do Porto. Institucionalizado durante 10 anos e posteriormente adotado, Josias Varela descreve através de versos e rimas o que passou, sentiu e viu, retratando muitos dos problemas pelos quais os jovens institucionalizados e residentes em bairros marginalizados passam no dia a dia.

 

Baby Jr., nome artístico de Josias Júnior Varela Tomás, é um músico, nascido e criado no Bairro das Barracas do Prior Velho. Ainda novo foi acolhido por uma instituição na cidade do Porto, onde permaneceu durante uma década. Está ligado à cultura Hip-Hop desde muito cedo, através da dança, tendo gradualmente feito a transição para a música.

 

"Contrato", "City", "Wanna Know", "Back to Back" e "Fuck School" são os temas que fazem parte do EP de estreia de Baby Jr., "LUCC!".

 

 

Vê aqui o videoclip oficial de "Back To Back", single de avanço do EP, "LUCC!".

 

 

lucc!.jpg.png

02 de Novembro, 2020

MÚSICA NOVA DO DIA I SARA VIDAL - DESCANTE AOS NOIVOS

Terceiro single de apresentação do novo disco "Matriz"

"Descante Aos Noivos" é o terceiro single de apresentação do novo disco "Matriz" de Sara Vidal, que com ele aprofunda as suas origens na tradição musical portuguesa sob a perspectiva da condição feminina.

Um pouco por todo o país, era costume fazer-se o descante aos noivos, seja na véspera do casamento ou no próprio dia à noite, que consistia em cantar, de forma espontânea, alguns versos dedicados aos noivos ou recém-casados, que depois tinham de retribuir com comida, especialmente carne. Esta tradição também tem outras designações, como "parabéns", "serenata aos esposados" e "comporta", cantado só a vozes ou acompanhados por um acordeonista, adufes ou almofarizes, consoante a região.

Este arranjo, com produção musical de Manuel Maio e Rui Ferreira, tem por base a recolha feita em Proença-a-Nova por José Alberto Sardinha e Vítor Reino, em 1989, incluída no disco "Portugal raízes musicais" (1996).

 

 

SARA VIDAL.png