Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

APOIAMOS O TALENTO NACIONAL! 🇵🇹

PUBLICIDADE
28.05.21

RITTA TRISTANY - SOLIDÃO (com letra)


Tiago Ferreira

A SOLIDÃO É UM CAMINHO SOFRIDO

SEM SABER QUE PEDRAS VAI ENCONTRAR

UMA VIDA UM MURO VESTIDO

AO OMBRO DE UM ESCURECIDO FICAR

 

AO LONGE A MELODIA ESCONDIDA

DE TRISTES SONS INFINITOS DO MAR

TEMPOS IDOS SONHOS VIVIDOS

MÃOS VAZIAS DE LUZ E DE LUAR

 

SONHOS SEM CHÃO Ó TEMPO DE ESPERA

DE CARICIAS DO OLHAR EM QUE ACREDITO

SOBRE O QUE TEMO VIVER E O QUE ESPERO

SOLTO POR FIM DENTRO DE MIM O QUE REFLITO

 

VOU VIVER O VAGABUNDO QUE QUERO

LIVRE EM MIM NESSE JARDIM

NUM SIMPLES GRITO

A SOLIDÃO É UM CAMINHO PERDIDO

VIDAS PRESAS SEM RUMO A NAVEGAR

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

ritta.jpg

28.05.21

#apoiamosotalentonacional I BEATO - À BEIRA-MAR


Tiago Ferreira

O single "À Beira-Mar", editado hoje, é o primeiro tema de Beato para o longa duração, que verá em breve a luz do dia, com selo Valentim de Carvalho. Foi gravado nos estúdios de Paço de Arcos e nos Estúdios do Beato, com letra e música de Beato, co-produzido com Nuno Rafael. Conta com as percussões de Jorge Costa, as vozes de Mariana Camacho, trombone de Hugo Esteves e cavaquinho Cabo-Verdiano de Romeu Ornelas.

"À Beira-Mar" é como que a renovação de Bruno Vasconcelos, o Beato. Um concentrado com sabor a Verão eterno e mojitos, que nasceu fora de época – em pleno Inverno –, mas que assume esse exercício de recuperar o pôr-do-sol laranja e a sensação de estar a boiar ao som da maresia. Um registo sobre bons momentos, com aroma a nostalgia e amor, gravados em slow motion.

Tudo é colorido e soalheiro no mundo concebido por Beato, alter-ego de Bruno Vasconcelos. É assim que o músico e compositor português marca mais uma nova etapa do seu percurso artístico – Beato –, um lugar onde nasce o seu mais recente projecto; um lugar de vários universos e influências que se materializam em canções salpicadas a pop acústico que nos transportam para uma sonoridade por vezes insular.

Este lugar não deve ser entendido apenas no sentido figurativo. É real. É feito de paredes, janelas como uma renovada perspectiva sobre o mundo. É no Beato (o bairro lisboeta), que Beato (o músico) encontra uma cidade que se renova e que se ilumina com a geração de artistas, artesãos e empreendedores que aqui lançam fundações para o próprio auspicioso futuro. A geração de Beato (o músico), que apesar de se encontrar no olho da tempestade, em pleno momento histórico sem precedentes, se atreve a sonhar com o amanhã. A música de Beato é tudo isto: uma espécie de saudade do futuro, entre a nostalgia e o optimismo, com a segurança de quem sabe que melhores dias virão e que os irá desfrutar, como um dia de praia que só termina quando o sol se põe.

"À Beira-Mar" é também sobre a vontade de embarcar numa vida mais simples, sem necessidade de colete salva-vidas; de deixar para trás o mundo complexo e real - «Eu dava tudo para ficar aqui à beira-mar», diz Beato, mas será que o fará?

 

 

LETRA: "À BEIRA-MAR"

 

Uma brisa molhada soprou,
refresca-me a pele do escaldão,
matinal fresca de verão,
à beira-mar.
Tiramos fotos de instagram.
Passeamos lentos no areal.
Eu só me imagino aqui, no litoral.
Está maré baixa,
vou molhar os pés
à beira-mar.

Sei que sou assim,
sofro por antecipação.
Ainda agora aqui cheguei
sofro já p’lo fim do verão.

E eu dava tudo para ficar aqui
ao lanche sumo e bola de berlim
com os pés plantados sob a areia fina à beira-mar.
Eu dava tudo pra ficar aqui.
Não ter que ir trabalhar.

Uma brisa mais quente soprou
puxou-nos para a rebentação
já está feita a digestão,
vou mergulhar.
Voltamos pra toalha a secar
contemplo a lenta evaporação
e o sal que surge na tua pele
pra temperar.
E a maré sobe
em brando vai e vem
a borbulhar.

E ao entardecer
o sol mergulha em languidez
fim de dia, calmo e moreno,
céu laranja em degradê.

E eu dava tudo para ficar aqui
ao lanche sumo e bola de berlim
com os pés plantados sob a areia fina à beira-mar.
Eu dava tudo pra ficar aqui.
E não ter que ir trabalhar.
E eu dava tudo pra viver assim,
à beira-mar.

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

BEATO A BEIRA MAR.jpg

28.05.21

DESCOBRE AQUI NA MUSICPORTUGAL O NOVO ÁLBUM DO SALVADOR SOBRAL, "BPM"


Tiago Ferreira

Salvador Sobral lança hoje, 28 de maio, o seu muito aguardado novo álbum intitulado “bpm”.

Gravado no início de janeiro de 2021 no Le Manoir de León, idílico estúdio localizado no sudoeste da França, “bpm” é o primeiro disco composto inteiramente por Salvador Sobral, ao lado do seu inseparável parceiro musical Leo Aldrey, que também foi o responsável pela produção do álbum.

“Desde o início da minha, ainda pequenina, carreira que me sinto mais à vontade a cantar as músicas dos outros. É verdade que já me aventurei, nos discos anteriores, a compor uma ou duas canções, mas não posso dizer que tenha explorado a minha veia de compositor, foi apenas um vasinho capilar. A proposta deste novo disco é expor toda a minha artéria aorta.”  

 

Conta-nos o artista, acrescentando ainda: “Obviamente que não o podia fazer sem o meu principal parceiro, na música e na vida, Leo Aldrey. Quando o conheci, em 2010, no Taller de Musics, em Barcelona, estava convencido de que queria cantar o cancioneiro de jazz americano para o resto da minha vida. Acuso, agora publicamente, este meu querido amigo de me sequestrar, fechar-me no seu quarto durante noites a fio forçando-me a escrever canções. Passaram os anos e a dinâmica e o método não mudaram, apenas a dimensão do quarto dele. Em Fevereiro de 2020 fomos, então, os dois para uma casa no meio do Alentejo escrever canções durante um mês. O Leo consegue sempre perceber perfeitamente o que quero dizer na música e de que forma o quero dizer, aproveitando ao máximo as minhas capacidades e fazendo-me, até, descobrir algumas novas. Na hora de escolher um produtor para este disco, não havia absolutamente dúvida nenhuma de que seria ele, até porque conhece as canções desde o seu estado mais embrionário.”

As canções desta nova obra surgem de um conceito inicial desenvolvido durante um retiro no sul de Portugal, em que Leo e Salvador elaboraram o esqueleto musical do álbum, que contém 9 canções em português, 2 em inglês e 2 em espanhol, demonstrando mais uma vez a versatilidade de Salvador Sobral e a vocação global da sua obra.


A par da base rítmica que o acompanha desde o seu primeiro disco, André Rosinha (contrabaixo) e Bruno Pedroso (bateria), Salvador acrescentou vários elementos novos à sua formação neste projecto: André Santos, na guitarra e Abe Rábade no piano, com Leo Aldrey, que também participa nos teclados e efeitos. Todos eles contribuíram com ideias e propostas musicais que foram fundamentais no processo de criação do álbum:
“Liguei a um amigo com quem já tinha tocado algumas vezes, um pianista super criativo e melódico, mas com fogo no rabo; confiante, mas curioso; lírico, mas punk. Abe Rábade. Soube desde essa primeira chamada que tinha feito a escolha certa. Dois dias depois, estava em minha casa a aprender as canções com uma rapidez olímpica. Teve, inclusivamente, e quis absolutamente que eu lhe explicasse ao pormenor cada canção, desde a letra até ao que estava por trás dela. O seu envolvimento total no projecto, desde o início até ao último dia de gravação, foi simplesmente admirável. Estar-lhe-ei eternamente agradecido por ter salvado o disco.”

Salvador Sobral continua a explicar-nos: “Quem também o salva, e mantém a banda, diariamente, desde o seu começo, é o casal André Rosinha e Bruno Pedroso. Já tocam comigo desde 2015, somos os mais próximos amigos, conhecemos as melhores virtudes de cada um e aceitamos os podres de cada um, também. Nutro uma profunda admiração pela forma como eles veem e sentem a música e sou um fã convicto das suas escolhas e do que trazem para a minha música. Confio plenamente neles em todas as esferas desta vida, são a base desta família e é com orgulho e carinho que posso dizer que eles sentem esta banda como a banda deles, também. Um elemento recente, mas crucial na família, é o André Santos, decidi convidar o guitarrista que mais admiro para se juntar a esta aventura. O Santos é como uma brisa multicolor que ondula sobre os acordes espalhando um aroma sonoro único que nos deixa tão positivamente perturbados e a querer sempre mais. Dou graças a ele, e à sua sensibilidade, por estar no meu projecto.”

Além da banda de destacar duas participações vocais muito importantes neste trabalho: Sílvia Perez Cruz (coros em “that old waltz”) e de Margarida Campelo (Featuring em “Aplauso Dentro”).

Este novo álbum representa um passo decisivo na evolução de Salvador Sobral como intérprete e principalmente como compositor. Um exercício de busca introspetiva, em que letra e música são baseadas em uma nova identidade sonora, ousada e imprevisível. O título do álbum prevê o que o ouvinte pode descobrir como explica o próprio Salvador:
“Tomo várias decisões nas diferentes áreas da vida durante as minhas insónias. Chamo-lhes IPs (insónias produtivas). O nome do álbum é fruto de uma IP. Numa reflexão sobre a música e a vida, chego à conclusão de que o elemento mais forte que as une são os bpm (batimentos por minuto). É o que nos dá vida, os batimentos do coração, e é o que dá pulso à música, o que a faz viver. Lembro-me sempre de quando estava no hospital: fazia vários eletrocardiogramas e, numa fase mais delicada, também havia um monitor que mostrava sempre os meus bpms. E isso, curiosamente, transmitia-me uma sensação de familiaridade. Os bpms eram algo que eu conhecia bem da música. Assim foi, ficou ali decidido que o disco chamar-se-ia “bpm”. Já pude dormir em paz. Pelo menos nessa noite.”

Um dos álbuns mais aguardados deste ano e que já está a ter os maiores e melhores destaques dos Media.

 

“bpm” vai seguramente surpreender mais uma vez e fazer as delícias dos milhares de fãs do músico português, não só em Portugal como em muitos países do Mundo.

 

 

salvador sobral.png

26.05.21

MÚSICAS NOVAS DA RÁDIO COMERCIAL: 24 MAIO 2021


Tiago Ferreira

 - Justin Wellington, Small Jam - Iko Iko (My Bestie)

 - Anitta, DaBaby - Girl from Rio [remix]

 - Regard, Tate McRae, Troye Sivan - You

 - Martin Garrix, Bono, The Edge - We Are the People [Official UEFA EURO 2020 Song]

 - Tom Grennan - Little Bit of Love

 - Raye, Rudimental - Regardless

 - ATB, Topic, A7S - Your Love (9PM)

 - Blacci, Murta - Vou Te Amar

 - The Black Mamba - Crazy Nando

 - Coldplay - Higher Power

 - Ana Moura - Andorinhas

 - HMB, Rui Veloso - Lembra-te de Mim 

 - Edu Monteiro - Love You Better

 - Rag'n'Bone Man, Pink - Anywhere Away from Here

 - Virgul - High

 - Blaya - OK

 - Armandinho [br] - Mas Eu Gosto Dela

 - Aurea - Frágil

 - Jão - Coringa

 - Riton, Hypeman, Mufasa, Nightcrawlers - Friday [Dopamine re-edit]

 - The Weeknd, Ariana Grande - Save Your Tears [remix]

 

Todas as músicas novas da RÁDIO COMERCIAL em http://musicportugal.pt/tag/as+m%C3%BAsicas+novas+da+r%C3%A1dio+comercial.

 

radiocomercial.png

19.05.21

MUSICPORTUGAL NA GONDOMARFM - PROGRAMA N.º 77 [19-05-2021 - ESPECIAL 2 HORAS SÓ COM MÚSICA NOVA PORTUGUESA]]


Tiago Ferreira

Aqui encontras a tracklist e áudio completo do 77.º programa da MUSICPORTUGAL na GONDOMAR FM, emitido no dia 19 de maio de 2021. Estas foram as músicas que tocaram no programa:

 

- Ana Moura - Andorinhas
- João Couto - Massa do Meio-Dia
- Paulo Sousa - Amar Sem Medos
- Luís Trigacheiro - Meu Nome É Saudade
- TODAGENTE - Eu já não sei
- Aurea - Frágil
- Gisela João - Não Fico Para Dormir
- José Cid - Hope and Joy
- Cristina Clara - Lua
- Salvador Sobral - Sangue do Meu Sangue
- João Bota - O que é que eu fiz de mal?
- Bárbara Tinoco, António Zambujo - Gisela
- Mariza - Mãe
- Miguel Gizzas - Comandante das Ruas
- Isac feat. Bruno Soares Sax - Diz-Me
- EU.CLIDES - Morto-Vivo
- Jorge Benvinda feat. Cláudia Pascoal - Namorados
- YUNG JUSE - KOBE
- Mastiksoul feat. Nelson Freitas, Blaya - Coladinho
- Jimmy P - Heartbreak
- Rui Reininho, Paulo Borges - Animais Errantes
- Soraia Tavares - A Beleza Vai Mudar O Mundo
- BATEU MATOU feat. Irma - Subi Subi
- Beatriz Rosário - Ficamos por Aqui
- MKMIKE - Pétalas de vidro
- gohu feat. Tainá - NESGA DE SOL
- Inês Marques Lucas - Traz me o Verão a Casa
- Mário Mata - Pouco Me Importa
- Filipe Santos - Por Tudo o Que És (Ao Vivo) - Acústico
- Blaya - OK
- BUDDA POWER BLUES & MARIA JOÃO - Missing You
- Diogo Piçarra, Bispo - Monarquia

 

Áudio do 77.º programa:

 

 

+ INFO sobre este incrível programa em http://bit.ly/musicportugalgondomarfm.

 

MUSICPORTUGAL ON AIR, TODAS AS QUARTAS, EM GONDOMARFM.PT!

 

"PODCAST MUSICPTGFM" - é a TAG criada para este programa. Vais poder encontrar todas as edições do programa e as tracklists em http://musicportugal.pt/tag/podcast+musicptgfm.

 

musicpt gondomarfm.png

12.05.21

MASTIKSOUL feat. NELSON FREITAS, BLAYA - COLADINHO (com letra)


Tiago Ferreira

Heee Yeahh Yeahhh

 

Mastiksoul

 

Coladinha

 

Yeah Yeah

 

Coladinho Yeah Yeah

 

Já perdi conta das vezes

Que quiseste ir embora

Tu não mostras o que sentes

Sempre a mesma historia

 

Ninguém te toca com eu toco

Esse teu filme eu até gosto

Tá tão bom porquê ir embora

Coladinho eu e tu vem só

 

Me mostra só um pouco desse amor

Que você diz tem por mim Uooo

Já cansei desses jogos que fazes

 

Vamos só ficar Yeah Yeah

 

Coladinho ha Ha Coladinho

Coladinho Yeah Yeah

Coladinho ha Ha Caladinho

Coladinho Yeah Yeah

 

Eu tento te ouvir mas tu toda hora me enrolas

Porquê que tem que acabar

Eu sei que tu vais voltar

 

Me mostra só um pouco desse amor

Que você diz tem por mim Uooo

Já cansei desses jogos que fazes vamos só ficar

 

Coladinho ha Ha Coladinho

Coladinho Yeah Yeah

Coladinho ha Ha Caladinho

Coladinho Yeah Yeah

 

Quem mais te faz Hmm Hmm

Daquele nosso jeito

Falas que és a número 1

Então mostra

 

Eu tentei te ouvir mas você toda hora me enrola

Porquê que tem que acabar

Eu sei que tu vais voltar

 

Me mostra só um pouco desse amor

Que você diz tem por mim Uooo

Já cansei desses jogos que fazes vamos só ficar

 

Coladinho ha Ha Coladinho

Coladinho Yeah Yeah

Coladinho ha Ha Caladinho

Coladinho Yeah Yeah

Coladinho ha Ha Coladinho

Coladinho Yeah Yeah

Coladinho ha Ha Caladinho

Coladinho Yeah Yeah

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

mastiksoul coladinho blaya nelson freitas.jpg

12.05.21

MÚSICA NOVA DO DIA I ISAC feat. BRUNO SOARES SAX - DIZ-ME


Tiago Ferreira

Isac está de volta com um novo single. "Diz-me" já está disponível em todas as plataformas digitais.

 

O novo single tem letra, música e produção de Isac; mistura e masterização do engenheiro de som João Lebre (Caffeinated Audio Studio, Inglaterra).

 

Isac lançou o desafio ao saxofonista Bruno Soares para colaborar na composição instrumental dos saxofones e brass. Contou ainda com a participação do trompetista Henrique Paiva.

 

Do pop ao funk e com uma pitada de jazz, "Diz-me" é a música perfeita para ouvir ao final da tarde numa esplanada em frente ao mar.

 

"Diz-me" é o segundo single de Isac lançado em formato digital pela Farol Música.

 

"O videoclipe estará disponível em breve, e posso adiantar que novos temas estão a ser preparados para serem laçados nos próximos meses". – diz-nos Isac.

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

ISAC DIZ ME BRUNO SOARES SAX.jpg

12.05.21

#apoiamosotalentonacional I YUNG JUSE - KOBE


Tiago Ferreira

Yung Juse, um dos novos valores que mais tem dado que falar no atual contexto do hip hop nacional, lançou um novo single, intitulado “Kobe”.

 

Produzido por Chaylan & Johnny Lowd, “Kobe” mostra a força indefetível de Yung Juse, que criou o tema tendo como referência o célebre basquetebolista norte-americano Kobe Bryant (1978-2020).

 

O vídeo oficial de “Kobe” foi realizado por Rui dos Anjos.

 

Este novo single sucede-se ao hit viral “TOU NA FESTA” em colaboração com Joint One, que já ultrapassou as 4 milhões de visualizações no YouTube.

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

kobe.jpg

12.05.21

#apoiamosotalentonacional I WILSON CAPITÃO - ONE HUNDRED COMETS

PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! Esta música já lá está!


Tiago Ferreira

"One Hundred Comets" é o single de estreia do músico e compositor Wilson Capitão.

Existem 3 momentos capitais na vida de Wilson Capitão que o levam à música. "O meu pai é metaleiro, um daqueles da velha guarda que adora Slayer, Iron Maiden e Judas Priest. Até aos 10 anos, basicamente nunca ouvi outra música para além de metal. O meu pai ouvia bastante música e isso quer dizer que literalmente não me lembro de quando comecei a ouvir metal, basicamente acho que já vim do hospital em que nasci para casa a ouvir metal", diz-nos o compositor. Um outro momento foi quando começou a aprender a tocar instrumentos "o meu primeiro instrumento foi o piano, embora tenha sido contra a vontade do meu pai, porque para ele, a guitarra eléctrica cheia de distorção era a única opção óbvia. Comecei a ter aulas de ensino não formal aos 8 anos. Passados 2, 3 anos o instrumento deixou-me de interessar e aos 12 anos comecei a aprender viola/guitarra". O último e decisivo momento foi "quando comecei a ouvir música para além de metal. Esta fase foi muito importante para mim como músico. Tive a oportunidade de conviver com amigos de diferentes backgrounds e com diferentes gostos de música durante a minha adolescência. Hoje posso dizer que ouço de tudo um pouco".

Como se chega então aquilo que é este som diferente de "One Hundred Comets"? Wilson Capitão explica-nos que "experimentei, house, hiphop, electrónica alternativa, chill, trap, e finalmente, passado alguns anos, experimentei compor para orquestra. Não sabia nada de composição ou arranjos para orquestra. O maior contacto com orquestra que tinha, era com a Filarmónica da minha terra porque a minha namorada toca oboé nesta Filarmónica e de ouvir música clássica. O click para experimentar coisas orquestrais fez-se quando comecei a ouvir música contemporânea com orquestra, nomeadamente Woodkid e Ibrahim Maalouf, entre outros". 

Wilson Capitão tornou-se assim um músico/compositor por inteiro, tratando de todos os aspetos de criação e conclusão "as gravações foram feitas em minha casa e fui eu que produzi e compus todo o tema. Apenas a masterização ficou a cargo de outra pessoa, o André Tavares", explica-nos.

Lembramos que Wilson Capitão, antes de editar este seu primeiro single em nome próprio, foi responsável pelas orquestrações de, por exemplo, o tema "Povo Que Cais Descalço" dos Dead Combo ou de "Verdes Anos" de Carlos Paredes.

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

wilson capitão.jpg

11.05.21

MÚSICA NOVA DO DIA I JIMMY P - HEARTBREAK


Tiago Ferreira

Jimmy P acaba de lançar o single de antecipação do próximo EP de originais a ser editado ainda este ano.

 

“Heartbreak” é o primeiro de seis temas revelado aos fãs e levanta o véu de uma evolução estética, mais homogénea e melódica. 

 

Com cinco álbuns de estúdio e uma mixtape editada, Jimmy P, um dos artistas mais ouvidos em Portugal e nos PALOP, prepara-se para uma nova fase da sua carreira que se advinha uma das melhores. “Heartbreak retrata a busca pela paz espiritual, pelo equilíbrio e a plenitude. É o relato duma viagem de redescoberta emocional, onde uma entidade curadora sara as feridas abertas, e ajuda encontrar um lugar de regeneração e salvação individual”.

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

 

jimmy p.jpg

04.05.21

#apoiamosotalentonacional I JOSÉ CID - HOPE AND JOY


Tiago Ferreira

José Cid, poeta, compositor, instrumentista, produtor, músico e um dos artistas portugueses mais premiados de sempre, editou no passado mês o single "Hope and Joy". Com poema de Ira Liebermen e música, arranjos e interpretação de José Cid, "Hope and Joy” é o primeiro tema em inglês da sua longa carreira de êxitos.

 

O tema já está disponível em todas as plataformas digitais de música e será distribuído pela One Level Up Music.

 

 

JOSÉ CID.jpg

04.05.21

MÚSICA NOVA DO DIA I BUDDA POWER BLUES & MARIA JOÃO - MISSING YOU


Tiago Ferreira

Depois do sucesso que foi o disco de estreia do Budda Power Blues & Maria João, "Blues Experience", aguardávamos com ansiedade por novidades. Elas estão aí com "Missing You".

Mas antes de falarmos sobre este novo single "Missing You", vamos fazer uma pequena apresentação para quem não conhece o projeto Budda Power Blues & Maria João. Quem nos explica, é Budda Guedes "por tocarmos Blues no século XXI sentimos sempre a obrigação/missão de manter o género contemporâneo e atual. O blues sempre foi vanguardista, inovador, e experimental, pelo que sentimos que para se manter vivo tem que ser atual. O convite à Maria João surgiu por pretendermos alguém de fora do género, capaz de improvisar e que embarcasse numa experiência pelo mundo do Blues. A escolha era óbvia. O resultado é um encontro a meio caminho entre o universo de Budda Power Blues e o da Maria João, criando algo maior que a soma das partes".

De volta ao single "Missing You", é Nico Guedes (autor da música e letra) que nos explica o significado do tema ""Missing You"fala do luto amoroso, em como nos sentimos depois de uma relação acabar, e nas saudades que restam após a separação. A letra mostra um personagem a viver uma viagem emocional que começa com a saudade da outra pessoa, acabando na constatação de que está finalmente só, e sem espaço para mais ninguém". Curiosamente, este tema tem um toque, digamos que diferente do blues. O mesmo músico explica-nos que "musicalmente, queríamos ir buscar o “feel” das músicas românticas dos anos 50, e aproveitar as vozes do Budda e da João para se confrontarem num dueto em que ambos sentem o mesmo, e dizem o mesmo, mas em lados opostos tanto da narrativa, como nos seus timbres super distintos".

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

 

MISSING YOU.jpg

04.05.21

#apoiamosotalentonacional I FILIPE SANTOS - POR TUDO O QUE ÉS (AO VIVO) - ACÚSTICO

PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! Esta música já lá está!


Tiago Ferreira

De um concerto intimista, em acústico, “à luz das velas”, de música e de palavras que fazem parte das histórias de todos nós, surgiu o registo do próximo trabalho discográfico de Filipe Santos intitulado “Acústico”.

 

“Acústico - Filipe Santos”, é uma viagem que nos leva a percorrer o trajeto realizado ao longo dos 4 discos anteriores, moldando o repertório elétrico anteriormente apresentado à sonoridade que estará presente no próximo álbum de estúdio “Conta Comigo”, já gravado.

 

Filipe Santos apresenta-se em sua casa, num palco sem resquícios ou vícios de alinhamento num presente que se vai pressentindo. Pertence a uma geração de gente que se quer impor sem prazo, traumas e preconceitos. A irreverência e a simplicidade estão bem expressas no resultado deste trabalho “Acústico - Filipe Santos”.


No primeiro dia de cada mês, a iniciar a 1 de maio, irão ser divulgados nas principais plataformas de streaming, no
canal do YouTube oficial e nos perfis do instagram e facebook, singles de avanço a este novo álbum, sendo o primeiro,
“Por tudo o que és”, tema que foi o single de estreia do primeiro registo discográfico de Filipe Santos, “I.D. Impressão
Digital” de 2003, o qual marcou o início destes 18 anos de percurso em nome próprio.

 

 

 PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI. 

 

 

filipe santos.jpg

04.05.21

OBRAS DE JOSÉ AFONSO CHEGAM ESTE ANO ÀS PLATAFORMAS DIGITAIS COM A DISTRIBUIÇÃO DA ONE LEVEL UP MUSIC. POR AGORA, JÁ É POSSÍVEL OUVIR "CORO DA PRIMAVERA" DO ÁLBUM "CANTIGAS DO MAIO".


Tiago Ferreira

A One Level Up Music assinala os 47 anos do 25 de abril com o lançamento digital do tema “Coro da Primavera” de José Afonso.

 

O single marca o regresso às edições da obra de José Afonso, com a edição dos 11 álbuns de José Afonso, originalmente editados entre 1968 e 1981. 

 

A One Level Up Music irá assim distribuir ao longo deste ano, em formato digital, os álbuns "Cantares do Andarilho" (1968), "Contos Velhos Rumos Novos" (1969), "Fados de Coimbra e Outras Canções" (1981), "Traz Outro Amigo Também" (1970), "Cantigas do Maio" (1971), "Eu Vou Ser Como a Toupeira" (1972), "Venham Mais Cinco" (1973), "Coro dos Tribunais" (1974), "Com as Minhas Tamanquinhas" (1976), "Enquanto há Força" (1978) e "Fura Fura" (1979).

 

Por agora, é possível ouvir “Coro da Primavera”, do disco “Cantigas do Maio”, em todas as plataformas de streaming e aqui na MUSICPORTUGAL.

 

 

Fundada em janeiro de 2019, a One Level Up Music é a primeira distribuidora digital portuguesa associada à Merlin - organização responsável por representar as edições independentes no mercado digital a nível mundial. Por possuir este vínculo com a Merlin, beneficia de acordos diretos com as várias plataformas de streaming.

 

A One Level Up Music, para além de distribuir novas edições, tem contribuído para a preservação do património musical nacional, com a distribuição digital de catálogos de música que até então só tinham formato físico.

 

josé afonso.png

04.05.21

ANA MOURA - ANDORINHAS (letra)


Tiago Ferreira

Passo os meus dias
Em longas filas
Em aldeias, vilas e cidades
As andorinhas é que são rainhas
A voar as linhas da liberdade

Eu quero tirar os pés do chão
Quero voar daqui p'ra fora
Ir me embora de avião
E só voltar um dia!
Vou pôr a mala no porão
Saborear a Primavera
Numa espera e na estação

Um dia disse uma andorinha
Filha, o mundo gira
Usa a brisa a teu favor
A vida diz mentiras
Mas o sol avisa antes de se pôr

Eu quero tirar os pés do chão
Quero voar daqui p'ra fora
Ir me embora de avião
E só voltar um dia!
Vou pôr a mala no porão
Saborear a Primavera
Numa espera e na estação

Já a minha mãe dizia
Solta as asas
Volta as costas
Sê forte
Avança para o mar
Sobe encostas
Faz apostas
Na sorte, não no azar

 

 

ANA MOURA.jpg

PUBLICIDADE