Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

Aqui, APOIAMOS O TALENTO NACIONAL!

MUSICPORTUGAL

09 de Fevereiro, 2022

05.22. + NOVIDADES DA MÚSICA PORTUGUESA: STRAY, TIAGO JOSÉ, NOBLE feat. MARIA FERNANDES, KEVEN SANTOS, GOLDEN SLUMBERS E SALAZAR

Mais música portuguesa na nossa playlist no Spotify.

 

PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! CLICA AQUI.

 

musica nova pt.png

09 de Fevereiro, 2022

#apoiamosotalentonacional I ANA RITA - GRAVITY (com letra)

Mais um novo talento nacional exclusivo da MUSICPORTUGAL

 

Ana Rita, tem 20 anos e é natural da cidade de Braga. 

"Gravity" é o seu single de estreia, tema que surgiu há alguns anos tendo sido este ano modificada e transformada no que é hoje. Fala sobre o amor pela galáxia, pelas estrelas e pelo amor em si na sua mais pura essência. É uma história pessoal que decidi passar para o papel depois de muitos anos guardada na gaveta.

 

 

LETRA: "GRAVITY"

 

I was always saying that something was missing

But then you appeared

 

Now all the little pieces

Fit perfectly together

Like their for the same game

 

And now I’m falling in love

And now I’m falling in love

And now I’m falling in love

 

I can’t blame gravity for falling in love

But your eyes are like the stars, that we see in the sky

And they shine so bright

 

But then our love was too much

And I just couldn’t explain the hurt

The darker the sky, brighter the night

And oh boy how wonderful was it in than night

 

I was so wrong

We don’t talk no more

And now I haven’t seen you anymore

 

I can’t blame gravity for falling in love

But your eyes are like the stars, that we see in the sky

 

Sometimes I wonder what’s inside your mind

I’m broken in pieces and you didn’t even tried

To stay in my life

 

I can’t blame gravity for falling in love

But your eyes are like the stars, that we see in the sky

 

 

PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI.

 

ana rita.jpg

09 de Fevereiro, 2022

"LUÍSA" É O NOVO AVANÇO DO PRÓXIMO DISCO DA ALINE FRAZÃO, "UMA MÚSICA ANGOLANA"

Aline Frazão está de regresso aos discos, com a edição de “Uma Música Angolana” já no próximo dia 4 de março.

 Luísa” é o novo tema deste trabalho a ser conhecido. É uma canção sobre liberdade. A liberdade de ser, de criar, de pensar, de falar, de cantar e de gritar pela possibilidade de existir sem limites e de forma plena, sem cedências. Um tema que nos remete para o universo de Aline, que na sua voz doce e serena transporta canções que podem (e vão) mudar o mundo. Mensagens poderosas de alguém que sonha um futuro melhor para quem a rodeia, abraçadas por sonoridades que recuperam as suas raízes culturais. Luísa” é uma amostra do que podemos esperar de “Uma Música Angolana”. O disco materializa o regresso ao som colectivo de banda. Este é um trabalho cheio de vitalidade, semeando uma pequena festa dentro de si. Uma Música Angolana” navega entre vários ritmos de matriz africana, como a Massemba e o Kilapanga de Angola, o Batuku de Cabo Verde, o Soukous do Congo, o Afoxé e o Maracatu do Brasil - desconstruídos, reinventados, reivindicando-se aqui não só a origem comum a todos eles mas também imaginando uma sonoridade nova de fronteiras perdidas, que se consolida sobre uma espécie de pátria imaginária feita de memórias rítmicas partilhadas, de lutas actuais e de celebrações necessárias e urgentes. O disco conta com a participação do artista angolano Nástio Mosquito, do cantor brasileiro Vítor Santana e da violoncelista alemã Suzanne Paul. Brisa Marques assina uma letra para melodia composta por João Pires, e o fadista Ricardo Ribeiro compôs uma canção inédita para poema de Pedro Homem de Melo. Recupera ainda uma canção de Paulo Flores, com novo arranjo. A produção ficou a cargo de Aline Frazão, que acompanhou o processo a cada momento, criando um álbum revelador da sua genialidade e singularidade.

 

 

ALINE FRAZAO.png

09 de Fevereiro, 2022

MÚSICA NOVA DO DIA I PEDRO FLORES - SAGITÁRIO

Sagitário” é o novo single de Pedro Flores. Depois de se ter estreado em outubro com um álbum de homenagem aos crooners portugueses, produzido por Diogo Clemente, os ponteiros da vontade não podem esperar.

 

O processo de composição foi partilhado com um convidado sonante. “Sagitário” foi escrito e produzido por Miguel Araújo, a partir de várias conversas com Pedro Flores. O músico gravou ainda a maioria dos instrumentos, e coros, além de participar no vídeo realizado por André Tentúgal.

 

Sob o signo da felicidade, esta canção baralha os astros e vira as cartas do avesso. “Sagitário” desaperta o nó e pendura a gravata no armário. No duelo entre ficar ou partir, joga pelo inseguro e vai. Livre, leve e solto porque nunca é tarde para se ter uma juventude feliz.

 

Hoje olho à minha volta e vejo os meus amigos com quem cresci a navegar na vida numa frequência mais adulta, organizada e estruturada que a minha, que por sua vez ainda se mantém desarrumada, mas ao mesmo tempo, livre e feliz. Talvez todos tenhamos timings diferentes para sermos adultos ou talvez haja pessoas que nunca o serão, no fundo é ir vivendo cada dia com entusiasmo e um dia essa frequência há de nos bater à porta”, reconhece o artista, com sinceridade.

 

A cabeça está na lua e o coração nos pés”, é a expressão desse desassombro. “Sagitário” é língua franca do ócio, do pensar em nada e viver o momento porque a vida é soma e multiplicação de instantes.

 

 

PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI.

 

pedro flores.jpg