Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MUSICPORTUGAL

Aqui, APOIAMOS O TALENTO NACIONAL!

MUSICPORTUGAL

02 de Setembro, 2022

MÚSICA NOVA DO DIA I Victor Espadinha - Adeus até qualquer dia

6 décadas de uma carreira multifacetada que tem obtido os mais rasgados elogios, seja pela crítica especializada nas mais variadas artes, como pelo público em geral, que nunca deixou de o aplaudir e acompanhar.

 

"Adeus até qualquer dia" é o single de estreia e o cartão-de-visita do novo álbum de Victor Espadinha, "60 Anos de Palco".

 

"...Pedi ao Tozé Brito: "Ó pá, faz-me uma canção sobre mim!". Ele escreveu e compôs "Adeus até qualquer dia". Nos meus álbuns sempre fiz questão de ter canções dele...". Uma parceria vitoriosa que promete repetir um dos maiores êxitos de sempre do Tózé Brito, na voz de Victor Espadinha - "Recordar é viver", canção que vendeu mais de 1 milhão de cópias e disparou o número de visualizações no Youtube.

 

 

PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI.

 

1280x1280 (3).jpg

02 de Setembro, 2022

#𝗔𝗣𝗢𝗜𝗔𝗠𝗢𝗦𝗢𝗧𝗔𝗟𝗘𝗡𝗧𝗢𝗡𝗔𝗖𝗜𝗢𝗡𝗔𝗟 L-Blues - Reflexos

Os L-Blues acabam de editar o novo single "Reflexos", do novo disco da banda intitulado "Euphemismo", já disponível em todas as plataformas digitais e em formato CD.

 

O novo registo foi gravado e misturado por Budda Guedes no estúdio da Mobydick Records em Braga e masterizado por Frederico Cristiano no Mastering Sessions.

 

 

PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI.

 

1280x1280 (2).jpg

02 de Setembro, 2022

#𝗔𝗣𝗢𝗜𝗔𝗠𝗢𝗦𝗢𝗧𝗔𝗟𝗘𝗡𝗧𝗢𝗡𝗔𝗖𝗜𝗢𝗡𝗔𝗟 Alex and us - Emotional Weather

Os Alex and us acabam lançar a sua oitava música original. "Emotional Weather" nasceu como uma faixa meio experimental com sonoridades inspiradas nos dias quentes em férias de verão. Luís Afonso trouxe os primeiros rascunhos e a Bruna Oliveira adicionou as melodias vocais, juntando uma dose de melancolia que, com a ajuda do conteúdo lírico acabaram por elevar a faixa para um estatuto de canção a ser incluída no nosso reportório. 

 

O resultado é uma boa mistura de vibes que se encaixa num qualquer chill out num bom bar de praia ao pôr do sol, tanto quanto como banda sonora de uma tarde de recuperação emocional em casa. Produzida por "Alex and us" e com masterização a cargo de Marco Silva, "Emotional Weather" pode já ser ouvida nas habituais plataformas digitais.

 

 

PLAYLIST MUSICPORTUGAL SPOTIFY - SÓ MÚSICA PORTUGUESA! ESTA MÚSICA JÁ LÁ ESTÁ! CLICA AQUI.

 

1280x1280 (1).jpg

02 de Setembro, 2022

"SAL" É O NOVO EP DO SALVADOR SOBRAL

Depois do álbum “bpm” em 2021 e do single “Vertigem” em abril passado, Salvador Sobral está de regresso com o EP “SAL”, um trabalho que nos traz o talento de Salvador, que interpreta ao piano todos os temas do disco, na sua forma mais nua e despojada.

 

O EP, que está a partir de hoje disponível em todas as plataformas digitais, conta com 4 novas canções e reveste-se de um ambiente intimista e familiar, trazendo ao público o tema “Estrada Dividida” - com assinatura de Luísa Sobral – e respirando no universo fotográfico de Jenna Thiam.

 

Salvador Sobral convida – na primeira pessoa – o público a embarcar com ele nesta viagem introspectiva e pessoal. Sobre “SAL”, o músico conta-nos como sentiu este trabalho como um regresso a casa:Este EP surge de uma urgência de abraçar a música na sua forma mais crua. Os meus últimos dois trabalhos de estúdio, o álbum “bpm” e “Vertigem”, o tema que fiz com o Agir, são registos revestidos de muitas camadas, com muito trabalho de produção. Depois destas duas experiências senti uma necessidade quase visceral de descer à realidade, voltar a casa. E foi precisamente em casa que gravámos estas 4 canções. Este disco sou eu no meu espaço, a cantar e tocar piano como faço todos os dias. Os defeitos técnicos do instrumento, as minhas fragilidades enquanto instrumentista, a minha voz que aqui se encontra a descoberto e, por isso, mais exposta à falha, constituem a essência desta espécie de mini-documentário musical do meu quotidiano doméstico. A integração do imprevisto e das circunstâncias, são também elementos que expõem a música à verdade: o cão que ladra lá fora, o som do eléctrico a passar na rua. Três destas quatro canções são temas que costumo tocar ao vivo nos meus concertos, mas que até agora ainda não tinham sido editadas. Uma versão de “Isso e Aquilo” (Iso Fischer / Guilherme Rondon De Barros); “Tristeza dos Dois”, uma música do Bernardo Sassetti, com letra da Luísa Sobral e “Estrada Dividida”, com letra e música também da Luísa. A elas junta-se “Canção para Aïda”, um original, com letra minha e música do Leo, que dedico à minha filha que aí vem. Todo este disco, inteiramente composto por baladas, foi pensado para que um dia ela o pudesse ouvir. Enquanto que nos meus concertos ao vivo gosto de transmitir e despertar todo o tipo de emoções humanas, aqui interessavam-me somente transmitir sensações de paz e serenidade. Todas as fotografias que ilustram este projecto foram tiradas pela Jenna numa câmara analógica. Por todos os motivos que mencionei acima, para este projecto que remete para o espaço privado e íntimo, não poderiam ser de outra pessoa. Não há vídeos ou imagens em movimento, porque não queria condicionar a percepção das pessoas. Gostava que embarcassem nesta viagem de cabeça livre e coração aberto. E que se sentissem em casa. – Salvador Sobral.

 

 

1280x1280.jpg