Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MUSICPORTUGAL

UM NOVO CONCEITO DE MÚSICA!

DESCOBRE NA MUSICPORTUGAL O ÁLBUM DE ESTREIA DO BUBA ESPINHO

Buba Espinho lançou no passado dia 20 de março o seu primeiro álbum. A edição será realizada em todas as plataformas digitais, em streaming e em download, sendo que a edição em CD será anunciada logo que a situação que todos vivemos em todo o mundo volte à normalidade.

O álbum de estreia chega na sequência do êxito com o tema “Roubei-te Um Beijo” que conta com a participação de António Zambujo, editado a 31 de janeiro. A canção foi escrita por Armando Torrão, cantador e autor do Cancioneiro Modas Populares do Concelho de Serpa.

O álbum conta ainda com as participações de Tiago Nacarato e Diogo Brito e Faro em “Zefa” e de Raquel Tavares em “O Verão, o Alentejo e os Homens”.

Buba tem 24 anos e é natural de Beja. Desde cedo que vive e sente a música de raiz intensamente, pela mão do pai, também músico, que lhe transmitiu a importante missão de a preservar.

Se o Cante Alentejano surge de pequeno com Buba, o Fado aparece mais tarde, mas de forma natural, como a estética que percebeu que iria cruzar em perfeita harmonia as influências das suas raízes. 

Apesar da sua jovem idade, Buba, tem já uma longa história na música, primeiro no Cante, onde integrou diversos grupos, os AdiafaA Moda MãeOs BubedanasMestre Cante e Há Lobos Sem Ser na Serra… Um vasto caminho que chegado a 2016, e assumindo já o seu lugar como fadista, vence a Grande Noite do Fado no Coliseu dos Recreios, tornando-se numa das mais aguardadas promessas da nova geração fadista.

É aí que decide iniciar a solo uma carreira que está há muito escrita. Faz os seus primeiros concertos a solo, explora a composição e as suas primeiras canções são gravadas. Desde então tem sido convidado regular em espectáculos de grandes nomes da música portuguesa: Rui Veloso, Ana Moura, António Zambujo, Celina da Piedade, Júlio Resende, entre muitos outros.

De Beja partiu para Lisboa, com passagem pelas mais icónicas casas de Fado da cidade, do Faia a Casa de Linhares, do Clube de Fado à Adega Machado, e daqui para os principais palcos nacionais, com marcantes atuações no Festival NOS Alive, no Coliseu de Lisboa, Coliseu do Porto, Casa da Música, CCB, Ovibeja, e muitos mais. Para além de PortugalBuba, trilha ainda uma carreira que se prevê também de sucesso internacional, passando já por países como Inglaterra, Timor, Canadá, Espanha, Austria, Suiça, França

2020 é o ano que traz o seu primeiro disco de estúdio, e a difícil harmonia entre a juventude e a tradição, entre o interior e o litoral, o legado de gerações da música de raíz portuguesa com a coragem e determinação de arriscar e inovar.

 

 

bubaespinho.png