Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MUSICPORTUGAL

APOIAMOS O TALENTO NACIONAL! 🇵🇹

10.04.20

#ESTUDOEMCASA - O QUE MUDA NO 3.º PERÍODO (ENSINO BÁSICO E SECUNDÁRIO) E A GRELHA DE CONTEÚDOS DA NOVA "TELESCOLA" QUE VAI PASSAR NA RTP MEMÓRIA


Tiago Ferreira

Tempos difíceis, exigem novos desafios. Como foi confirmado pelo primeiro-ministro António Costa, os alunos do ensino básico e secundário (com algumas exceções) não voltam mais à escola neste ano letivo por causa do coronavírus.

 

Relativamente ao ensino básico, os alunos para além de terem video chamadas com os professores, trabalhos de casa, avaliações, etc., terão um complemento extra chamado "#EstudoEmCasa", que será uma espécie de telescola.

O estudo em casa vai começar para todos os alunos desde o 1.º ao 9.º ano do Ensino Básico, através da RTP Memória e da plataforma #EstudoEmCasa - https://www.rtp.pt/estudoemcasa-apresentacao/, já a partir do próximo dia 20 de abril

 

Durante o 3.º período letivo, que começa já no dia 14 de abril e só termina a 26 de junho, a RTP Memória cede emissão a conteúdos pedagógicos temáticos, lecionados por professores, para alunos do ensino básico.

 

#EstudoEmCasa é o nome do espaço que vai ocupar a grelha das 09h às 17h50, até ao final do ano letivo, de segunda a sexta-feira, com conteúdos organizados para diferentes anos letivos, uma ferramenta importante para complementar o trabalho dos professores com os seus alunos.

 

Estes conteúdos pedagógicos temáticos contemplam matérias que fazem parte das aprendizagens essenciais do 1.º ao 9.º ano, agrupados por: 1.º e 2.º anos, 3.º e 4.º anos, 5º e 6.º anos, 7.º e 8.º anos e 9.º ano, abrangendo matérias de uma ou mais disciplinas do currículo, as quais servirão de complemento ao trabalho dos professores com os seus alunos.

 

Com a emissão do #EstudoEmCasa, através do sinal da RTP Memória, é alcançada a generalidade dos alunos, atendendo a que o canal emite na TDT, mas também na televisão por cabo e por satélite, ficando ainda disponíveis nas plataformas digitais da RTP e da Direção-Geral da Educação (DGE), com todas as emissões e respetivos conteúdos disponíveis.

 

#EstudoEmCasa vai, deste modo, ser transmitido nos seguintes canais:

· TDT – posição 7

· MEO – posição 100

· NOS – posição 18

· Vodafone – posição 17

· Nowo – posição 13

· https://www.rtp.pt/estudoemcasa (emissão de cada dia e on-demand de módulos individualizados)

· Será ainda disponibilizada uma App com todos os conteúdos do #EstudoEmCasa

 

Paralelamente, a RTP 2 transmite conteúdos, pensando nas crianças da Educação Pré-escolar (dos 3 aos 6 anos).

 

O nome #EstudoEmCasa surge do repto lançado pelo Ministério da Educação aos alunos, para assinalar o Dia do Estudante (24 de março), numa altura em que toda a comunidade educativa teve de celebrar a data de forma diferente, por conta da situação epidemiológica que o país atravessa.

 

Uma situação, imprevisível e de emergência, que se mantém e que leva a que o 3.º período letivo se mantenha de forma não-presencial.

 

Numa verdadeira corrida contra o tempo, o Ministério da Educação encontrou na Rádio e Televisão de Portugal um parceiro inequívoco e incondicional desta missão coletiva, conseguindo levar a cabo uma operação de monta, possível também graças ao apoio da Fundação Calouste Gulbenkian.

 

Quanto aos alunos do ensino secundário, os alunos do 10.º ano só teram aulas exclusivamente por plataformas online. Os alunos do 11.º e 12.º ano continuam por casa, mas poderão ter a hipótese de voltar às escolas, onde só terão "aulas presencias das 22 disciplinas que são sujeitas a exame específico para acesso ao ensino superior, continuando todas as outras a ser ministradas à distância". O primeiro-ministro admite ainda não haver condições para fixar uma data no regresso às escolas para os dois últimos anos do ensino obrigatório. Se tiverem que regressar à escola, o uso de máscaras no interior do recinto escolar será obrigatório, "até decisão expressa em contrário das autoridades de saúde". O material será disponibilizado pelo Ministério da Educação.

 

As provas de aferição e os exames nacionais até ao 9.º ano deste ano foram cancelados. Já o calendário de exames nacionais do ensino secundário foi adiado. As provas dos 11.º e 12.º anos de escolaridade decorrerão, na primeira fase, entre 6 e 23 de julho e, na segunda fase, entre 1 e 7 de setembro.

 

O concurso nacional de acesso ao ensino superior também foi diferido em duas semanas. A primeira fase de candidaturas arranca a 7 de agosto e termina a 23 do mesmo mês.

 

O espaço #EstudoEmCasa para além de ser um complemento de ajuda nas aulas "virtuais", será uma excelente oportunidade para muitos alunos e pais recordarem ou aprenderem matérias. Vais sair desta quarentena mais sábio!

 

Este é o teu horário do #EstudoEmCasa... clica na imagem para descarregares o horário em formato PDF.

 

EstudoEmCasa_GrelhaSemanal.png

 

Boas aulas! Não te esqueças, para tua segurança e dos outros, fica em casa! Mesmo em casa não percas a oportunidade de continuar a estudar... vai correr tudo bem! :)