Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MUSICPORTUGAL

APOIAMOS O TALENTO NACIONAL! 🇵🇹

16.04.20

MAIS DE 80 MÚSICOS PORTUGUESES JUNTAM-SE NO PROJETO 80EM40TENA PARA CRIAREM UMA CANÇÃO INSPIRADORA PARA ESTES ESTRANHOS TEMPOS QUE VIVEMOS, "NÃO É O FIM"


Tiago Ferreira

Ana Isabel Batista, Ana Laíns, Ana Rita Inácio, Anabela, André de Brito, Andrea Verdugo, Bruno Correia, Carla Ribeiro, Carlos Alberto Moniz, Cristina Quest, Cristina Roque, Elisabete Brás, Fernanda Lopes, Frederico Braga da Costa, Gerson Marta, Gimba, Irina Furtado, Isabel Campelo, Jacinta Jazz, João Baião, João Oliveira, Lua, Lúcia Moniz, Luiz Caracol, Manuel Guerra, Manuel Lourenço, Marco António, Mário Mata, Melanie Salomão, Ménito Ramos, Mila Belo, Nelson Luis, Nuno Barroso, Patrícia Antunes, Patrícia Candoso, Paula Pires, Paula Teixeira, Paulo Brissos, Paulo Pacheco, Paulo Ramos, Pedro Mimoso, Pedro Pereira, Pedro Pires, Pedro Soares, Pedro Vaz, Piedade Fernandes, Ricardo de Sá, Ricardo Monteiro, Ricardo Quintas, Rui Bandeira, Rui Rocha, Sandra Camilo, Sandrine Orsini, Sara Paixão, Sebastian Noir, Sérgio Rossi, Sophia Gaspar, Telmo Miranda, Tiago Barbosa, Toy, Tozé Santos (Perfume), Vanessa Silva e Wanda Stuart... todos juntos numa canção... é possível?

 

A pergunta a fazer nestes dias é mesmo essa! O que acontece quando se reúnem (virtualmente, claro) mais de 80 músicos portugueses? Nasce uma canção inspiradora para estes estranhos tempos que vivemos: "Não é o Fim".



A ideia do tema nasceu do músico português Paulo Brissos que, rapidamente decidiu falar com outros colegas de profissão e tornar uma simples canção, num manifesto aos tempos atuais. Um manifesto em prol da futura AMP - Associação dos Músicos de Portugal. Uma associação onde cabem todos os músicos portugueses.

Com mais de 80 colegas envolvidos (18 instrumentistas e 62 cantores) todos em quarentena, nasce o nome do projeto 80em40tena

80em40tena é assim a demonstração de força de alguns dos trabalhadores mais afetados nestes últimos meses (e os seguintes): quem trabalha diretamente em Cultura, com o público. Desde os músicos aos técnicos muitas vezes esquecidos das luzes da ribalta mas, tão ou mais importantes como aqueles que dão a voz, a cara.  

 

Salientamos que todos os músicos portugueses podem fazer parte da AMP - Associação dos Músicos de Portugal. Para tal, basta acederem às redes sociais da associação já criados e tomar conhecimento de como aderir.

 

 

naoéofim.png

2 comentários

Comentar post