Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MUSICPORTUGAL

APOIAMOS O TALENTO NACIONAL! đŸ‡”đŸ‡č

30.10.16

MĂșsica da Semana (24 a 30 de outubro)


Tiago Ferreira

"Mais uma semana, mais uma MÚSICA TOP da semana. As grandes mĂșsicas continuam a tocar na tua musicportugal. Outubro vai trazer-te ainda mais mĂșsica... fica atento!" Na semana passa a mĂșsica mais ouvida no nosso paĂ­s pertenceu ao cantor The Weeknd com os Daft Punk, com a mĂșsica Starboy, que podes recordar atravĂ©s de http://musicportugal.blogs.sapo.pt/musica-da-semana-17-a-23-de-outubro-155353. Esta semana a MÚSICA MAIS OUVIDA da semana em portugal pertence Ă  fadista portuguesa Ana Moura, com o tema "Tens Os Olhos de Deus".

RECORDA A PLAYLIST MUSICPORTUGAL DEDICADA A ANA MOURA ATRAVÉS DO SEGUINTE LINK: http://musicportugal.blogs.sapo.pt/playlist-artistas-nacionais-ana-moura-137154

 

QUEM É A ANA MOURA?

"Ana Moura Ă© natural de Coruche, mas como esta vila nĂŁo dispunha de maternidade, foi nascer na capital do distrito, ou seja, SantarĂ©m. Os seus pais cantavam em festas familiares e aos seis anos Ana Moura jĂĄ cantava o Cavalo Ruço, enquanto ouvia frequentemente a mĂŁe trautear O Xaile de Minha MĂŁe. Na adolescĂȘncia, altura em que se transfere para Carcavelos, frequenta a Academia dos Amadores de MĂșsica. Apesar do interesse pelo Fado, Moura tem as suas primeiras atuaçÔes numa banda de covers de pop/rock, os Sexto Sentido, formado com colegas de escola. A experiĂȘncia acaba por conduzir ao inĂ­cio de gravaçÔes de um disco com o mĂșsico LuĂ­s Oliveira, cujo lançamento fazia parte da agenda da multinacional Universal. O disco, no entanto, nĂŁo chega a ser terminado. Os dotes de Moura conquistam Miguel Esteves Cardoso que, muito antes do paĂ­s conhecer a jovem fadista, escreve um artigo sobre ela n'O Independente (cf. O susto do fado e a beleza da verdade. A Preguiça, in O Independente, 16 de fevereiro de 2001), depois de a ver cantar no programa da RTP Internacional, Fados de Portugal, conduzido porAntĂłnio Pinto Basto. Depois de ler o cronista, TozĂ© Brito, entĂŁo administrador da Universal, vai ao Senhor Vinho Ă  descoberta daquela voz que conhecia apenas dos Sexto Sentido. NĂŁo demora a propor-lhe a gravação do primeiro disco. Surge assim "Guarda-me a Vida na MĂŁo" (2003) Reconhecida internacionalmente como uma voz rarĂ­ssima de Contralto, chegou tambĂ©m o reconhecimento dos pares e, em 2008, Ana Moura recebeu o PrĂ©mio AmĂĄlia de melhor intĂ©rprete. Em Novembro de 2012 Ă© lançado o quinto disco da cantora, chamado de "Desfado". O ĂĄlbum acaba por ser um sucesso sem precedentes, permanecendo no primeiro lugar do Top 30 de Portugal por bastante tempo. Juntamente com o lançamento do ĂĄlbum, Moura fez uma tornĂ© pelo paĂ­s e fora dele, com concertos centrados mais no norte de Portugal, e fora, passando pelos E.U.A., CanadĂĄ, MĂ©xico, Reino Unido, Áustria, Holanda, Alemanha, Noruega, BĂ©lgica e ainda Angola. A 27 de Janeiro de 2015 foi feita Comendadora da Ordem do Infante D. Henrique. No final do mesmo ano, Moura lançou o trabalho mais recente titulado simplesmente "Moura", acompanhado pela canção Dia de Folga. Em 2016, Ana Moura recebeu um Globo de Ouro na categoria de Melhor MĂșsica com "Dia de Folga", canção com letra e mĂșsica de Jorge Cruz. Moura Ă© atualmente uma das fadistas mais conceituadas de Portugal, pelo seu excelente timbre de voz, beleza e enorme simpatia para com o seu pĂșblico." FONTE WIKIPEDIA

ana moura.png

Aqui fica a letra e o vĂ­deo oficial da mĂșsica:

 

(LETRA) "Tens Os Olhos de Deus"

 

Tens os olhos de Deus
E os teus lĂĄbios nos meus
São duas pétalas vivas
E os abraços que dås
SĂŁo rasgos de luz e de paz
Num céu de asas feridas
E eu preciso de mais
Preciso de mais

Dos teus olhos de Deus
Num perpétuo adeus
Azuis de sol e de lĂĄgrimas
Dizes: 'Fica comigo
És o meu porto de abrigo
E a despedida uma lĂąmina! '
nĂŁo preciso de mais
NĂŁo preciso de mais

Embarca em mim
Que o tempo Ă© curto
LĂĄ vem a noite
Faz-te mais perto
Amarra assim
O vento ao corpo
Embarca em mim
Que o tempo Ă© curto
Embarca em mim

Tens os olhos de Deus
E cada qual com os seus
VĂȘ a lonjura que quer
E quando me tocas por dentro
De ti recolho o alento
Que cada beijo trouxer
E eu preciso de mais
Preciso de mais

Nos teus olhos de Deus
Habitam astros e céus
Foguetes rosa e carmim
Rodas na festa da aldeia
Palpitam sinos na veia
Cantam ao longe que 'sim! '
NĂŁo preciso de mais
NĂŁo preciso de mais

Embarca em mim
Que o tempo Ă© curto
LĂĄ vem a noite
Faz-te mais perto
Amarra assim
O vento ao corpo
Embarca em mim
Que o tempo Ă© curto
Embarca em mim

 

As mĂșsicas TOP das outras semanas disponĂ­veis em http://musicportugal.blogs.sapo.pt/tag/m%C3%BAsicadasemana.