Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MUSICPORTUGAL

Um novo conceito de Música / A new concept of Music

Piruka - Até já

[Intro]
Yau, yau, yau, yau
Hey...

[Verso 1]
Eu vou-te contar uma história
Ontem 'tava numa rua
Escura não se via nada
Mas tem calma tu recua
Então...
Eu vou-te contar uma história
Do início da minha rua
Ali nunca se via nada
A não ser aquilo que a lua iluminava
Na terra há muito ser illuminati
Só quero a minha cria iluminada
Também quero um casarão e um Maserati
Mas não sou baza lumi e lumi nada
Na vida cala e come ou come e cala-te, eu já senti comi calei
Mas mudei o panorama tu prepara-te
Que aquilo que eu vivi escrevi e gravei
A minha velha disse-me assim
"Tu vive eu sei...
Tu só pertences a ti próprio"
E eu dizia "Calma minha mãe, teu filho pertence ao mundo
A minha cara é um negócio"
Óbvio que sou eu que ganho com isso
Não há cá contratos seu cão
Se for morto eu morro com um sorriso na cara
Porque eu estou na história e não digas que não
Eu só quero lume
Agarra nesses rappers bota fogo eu vejo fumo e ninguém assume
Que já não se a ouve a voz o que se ouve é Auto-Tune
Eu não posso ficar calado tanto tempo
Vim pa comer o mercado novamente
Vim pa comer o mercado novamente
Eu 'tou na boca do mundo e no ouvido de toda a gente


[Refrão]
Então até já-á-á
A vida passa e quem fica na história foi quem a marcou
Relógio não pára tu respeita a cara de quem cá passou
Se a vida é só uma apenas dois dias e um já acabou
Faz a tua história tu marca o teu nome então
Então até já-á-á
A vida passa e quem fica na história foi quem a marcou
Relógio não pára tu respeita a cara de quem cá passou
Se a vida é só uma apenas dois dias e um já acabou
Faz a tua história tu marca o teu nome então

[Verso 2]
Mas tu dá-me ouvidos mommy
Olha pro teu filho em Miami
Cem porcento independente, que sa foda a guita da Sony
Eles compram o mundo, dinheiro para views
Mas bate mais o meu story
Vou matar o game, chamem-me Clyde
Ando à procura da Bonnie
Se eu morri ressuscitei ando à procura de mais
O movimento anda oco
De norte a sul a levar Cascais
Eu chego a Roma só com a boca
Hood Groove promessas nacionais
Vocês vão sentir o que é louco
Tudo a querer aumentar capitais
Eu na capital a tirar o meu pé do sufoco motherfucka
Ladra muito morde a faca
Toma nota, quem fala muito não come nada
Abri a porta, na cara comi muita bofa
Nunca abri a borda pa ter o meu cu na estrada
Então... Não quero ser malcriado
As malucas dão a vida pa me fazer um...
E eu que tinha o cu na tasca do nada mudei de vida
E hoje sento o meu cu num Porsche
Eu sinto-me um rap god
E... olha que o Pirukinha pode
E... vou morrer na boca do mundo
Porque é com a boca do mundo aqui que o menino come
Eu sinto-me um rap god
Porque eu vivo o rap dog
Agora virei empresário porque eu nunca fui otário
E nunca mais passo fome então então


[Refrão]
Então até já-á-á
A vida passa e quem fica na história foi quem a marcou
Relógio não pára tu respeita a cara de quem cá passou
Se a vida é só uma apenas dois dias e um já acabou
Faz a tua história tu marca o teu nome então
Então até já-á-á
A vida passa e quem fica na história foi quem a marcou
Relógio não pára tu respeita a cara de quem cá passou
Se a vida é só uma apenas dois dias e um já acabou
Faz a tua história tu marca o teu nome então

[Ponte]
Então
Então
Então
Então
Então
Então
Então
Então
Então
Então

[Refrão]
Então até já-á-á
A vida passa e quem fica na história foi quem a marcou
Relógio não pára tu respeita a cara de quem cá passou
Se a vida é só uma apenas dois dias e um já acabou
Faz a tua história tu marca o teu nome então
Então até já-á-á
A vida passa e quem fica na história foi quem a marcou
Relógio não pára tu respeita a cara de quem cá passou
Se a vida é só uma apenas dois dias e um já acabou
Faz a tua história tu marca o teu nome então

 

 

piruka.jpg