Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MUSICPORTUGAL

APOIAMOS O TALENTO NACIONAL! 🇵🇹

06.06.20

VASCO VILHENA - VAPOR [com letra]


Tiago Ferreira

Já me desconstruí

Para vos explicar por miúdos

Eu não vou chegar mais longe

Só para me ver ser ceia

 

Martela os ossos contra o marfim

Mas deixa os destroços pesar em mim

As horas cantam canções mortas

E eu sigo a mesma sorte

 

Sei lá se o que digo serve de algo

Mexe contigo ou faz-te mexer

Contra o que sabes que te deves opor

Sei lá se o que digo cria diálogo

Faz-te sentido ou faz-te sentir

Que se não ages de acordo, então é tudo vapor

 

Martela as teclas mecanizadas

Que tornam letras do meu sangue

Eu não vou parar para imortalizar

Essa tua merda em ser fã de estórias com moral

 

Martela esses pregos ao meu caixão

Estas larvas são senão o meu novo chão

O ar que paira cheira a errado

Homem, és tu que te enterras

 

Sei lá se o que digo serve de algo

Mexe contigo ou faz-te mexer

Contra o que sabes que te deves opor

Sei lá se o que digo cria diálogo

Faz-te sentido ou faz-te sentir

Que se não ages de acordo, então é tudo vapor

 

 

vapor.jpg